Jogadores da Liga espanhola poderão voltar a treinar na próxima semana

AFP
Jogadores do Real Madrid participam de um treino para em 29 de fevereiro de 2020 em Valdebebas, nos arredores de Madri
Jogadores do Real Madrid participam de um treino para em 29 de fevereiro de 2020 em Valdebebas, nos arredores de Madri

Os atletas profissionais poderão treinar individualmente a partir de 4 de maio, anunciou o governo espanhol nesta terça-feira, que acrescentou que também permitirá "treinamento básico para ligas profissionais" a partir dessa data.

O chefe do executivo espanhol, Pedro Sánchez, delineou o plano para aliviar o estrito confinamento que o país está enfrentando devido à epidemia de coronavírus, dividido em quatro fases graduais.

Sánchez explicou que o relaxamento durará entre seis e oito semanas, nas quais serão flexibilizadas as saídas de pessoas, a abertura de lojas e hotéis e a realização de atividades de lazer.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Dessa forma, "a primeira fase ou a fase 0 é a etapa de preparação da transição ou relaxamento, que já é a que já estamos inseridos", afirmou Sánchez.

Nesta fase, entre outras medidas para aliviar o confinamento, "está prevista a abertura de treinamentos individuais para atletas profissionais e federados e o treinamento básico de ligas profissionais".

Essa fase 0 de relaxamento começaria em 4 de maio na maior parte do território espanhol, o que parece abrir a porta para a possibilidade de as equipes da Liga Espanhola voltarem a treinar individualmente a partir dessa data.

Um protocolo da Liga Espanhola, que estipulava 4 de maio para o retorno às atividades, interrompidas desde 12 de março devido ao coronavírus, prevê uma primeira fase de treinos individuais para os jogadores.

Assim, nesta primeira fase de treinamentos, os jogadores recebem suas tarefas por vídeoconferência, devem chegar aos locais de treino já vestidos, com máscaras e luvas, que podem continuar usando durante o treino e só pode haver no máximo seis jogadores em campo.

Após essa primeira fase, as equipes passariam progressivamente para o treino coletivo.

No plano delineado nesta terça-feira por Pedro Sánchez, na segunda etapa do relaxamento "também será permitida a abertura de centros de alto desempenho com medidas reforçadas de higiene e proteção e, se possível, mudanças e treinamento médio em ligas profissionais".

Leia também