Jogadores do Flamengo são vacinados contra Covid-19 após parceria com o Governo do Rio

·1 minuto de leitura


Após a vitória e classificação às semifinais da Libertadores, no desembarque da delegação nesta quinta-feira, jogadores do Flamengo e alguns funcionários do clube se vacinaram contra a Covid-19, após mutirão em conjunto ao Governo do Rio de Janeiro, no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão).

A Secretaria Estadual de Saúde recebeu a solicitação do Flamengo, que chegou a enviar um ofício ao órgão, nos últimos dias, solicitando as vacinas para aqueles que já deveriam ter sido vacinados e que não haviam conseguido, devido a constantes viagens, após o Rio ter atingido a faixa etária de 18 anos para vacinação. A informação inicial é do canal "Flazoeiro".

Através de solicitação à Conmebol, em remessa enviada à CBF, o Flamengo não tinha obtido êxito, portanto optou pelo acesso via Governo do Rio.

No momento, há dois atletas do clube infectados com o novo coronavírus: Gustavo Henrique e Thiago Maia, que estão sem sintomas e se recuperam em casa, de quarentena.

+ Fla joga no domingo! Veja a tabela do Brasileirão

Vale destacar ainda que o plantel do Flamengo folga nesta quinta-feira, um dia depois de vencer o Olimpia por 5 a 1, pelas quartas de final da Libertadores. A reapresentação será nesta sexta, às 14h30, visando ao jogo contra o Ceará, no domingo, na Arena Castelão e válido pela 17ª rodada do Brasileiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos