Jogadores do Flamengo lamentam morte do massagista Jorginho


Funcionário do Flamengo desde 1980, o massagista Jorge Luiz Domingos, mais conhecido como Jorginho, morreu nesta segunda-feira, vítima da COVID-19. Ele tinha 68 anos e estava internado no CTI de um hospital na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, em estado grave.

Contaminado pelo coronavírus, Jorginho sofreu uma parada cardiorrespiratória no início da tarde desta segunda-feira. Ele tinha 40 anos de serviços prestados ao Flamengo, além de ter integrado as comissões técnicas campeões mundiais do Rubro-Negro, em 1981, e da Seleção Brasileira, em 2002.


Jorginho fez parte das duas comissões técnicas que conquistaram os títulos da Libertadores do Flamengo, em 1981 e 2019. Os jogadores do atual elenco do Rubro-Negro lamentaram o falecimento do massagista e muitos lembraram com carinho do 'Tio Jorge', como era chamado por alguns atletas.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio


Leia também