Jogadores estarão proibidos de protestar com árbitros quando o futebol na Itália retornar


Com reunião marcada para o dia 28 de maio, a Liga Italiana e o governo discutirão a forma para retomar os jogos da Serie A. A 'Agipronews' teve acesso ao documento que será o ponto de partida para as decisões.

"Os jogadores estão proibidos de protestar com os árbitros ou delegados ao jogo e têm de manter sempre, em qualquer circunstância, uma distância de pelo menos um metro e meio", diz o documento.

A entidade propõe ainda uma lotação máxima nos estádios de 300 pessoas, que os atletas das equipes que jogarem em casa se dirijam ao estádio no seu veículo pessoa. O ônibus que transportar o time visitante deve ser desinfetado antes das viagens de ida e volta. É sugerida ainda a proibição de uso de gelo para ajudar jogadores que se lesionem durante a partida. A liga quer ainda proibir a presença de mascotes nos estádios e crianças entrarem com os jogadores em campo. A proposta prevê ainda a abolição da fotografia de grupo antes do início da partida.

Por fim, todas as pessoas serão obrigadas a preencher um questionário na entrada sobre possíveis sintomas da COVID-19






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também