Jogadores emprestados pelo Santos vivem situações opostas no final da Série B

Raniel foi o artilheiro do Vasco na Série B (Foto: Daniel Ramalho/CRVG)


jJogadores emprestados do Santos viveram sentimentos opostos no final da Série B. Apenas o atacante Raniel, com o Vasco, conquistou o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. O centroavante foi emprestado pelo Peixe à equipe carioca por uma temporada e somou 45 jogos e 17 gols, sendo 31 partidas e 11 gols pela Série B.

Neste domingo, ele participou da jogada que originou o pênalti decisivo para o Vasco na vitória por 1 a 0 diante do Ituano. Ele tem contrato santista até dezembro de 2023.

O atacante Allanzinho, com o Tombense, permaneceu na Série B. O Menino da Vila foi emprestado em agosto e somou apenas 3 jogos pela equipe e todos pela Série B. Ele retorna ao Alvinegro após o término da competição e tem contrato até dezembro de 2024 e a multa estimada de 70 milhões de euros para transferências.

Luiz Henrique também ficou na Série B junto ao Grêmio Novorizontino, que escapou do rebaixamento com uma vitória sobre o Operário na última rodada e derrota do CSA para o Cruzeiro. O meia foi emprestado em abril até o final do campeonato e também retorna ao Santos. Somou apenas 5 jogos.

Já Jobson e Lucas Lourenço tiveram sensações ruins e caíram com Náutico e CSA, respectivamente. Ambos foram emprestados em julho com vínculo até o final da temporada e possuem contrato com o Peixe até 2024. O volante somou 17 jogos e apenas 1 gol em Pernambuco enquanto o meia fez 5 jogos pelo clube alagoano, um deles na derrota deste domingo para o Cruzeiro, que confirmou o rebaixamento da equi