Jogadores da seleção festejam o bom futebol e a vitória na estreia da Copa

LUSAIL, QATAR (FOLHAPRESS) - Nas entrevistas dos jogadores brasileiros na zona mista do estádio de Lusail, após a vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia, o clima foi de festa, principalmente pelo resultado final.

O atacante Antony, que substituiu o lesionado Neymar no segundo tempo, destacou que o grupo brasileiro já esperava um jogo duro contra os europeus.

"A Copa do Mundo é isso. A gente tem que estar preparado para isso, principalmente, mentalmente. Sabemos que o primeiro jogo é o mais importante e a gente dá esse passo. Ganhar três pontos é importante demais e agora é focar para o segundo jogo", disse o atacante. "Que a gente venha a conquistar os três pontos também no segundo jogo para darmos um passo importante rumo à classificação."

A surpresa de Tite na equipe que começou jogando, o atacante Vinicius Junior teve participação direta nos dois gols de Richarlison. No primeiro, ele chutou e o companheiro completou após rebote do goleiro. No segundo, ele deu o passe na medida para o golaço do camisa 9.

Por isso, ele se disse muito feliz por estrear em Copas dessa maneira. "Com a vitória e com o pé direito, não podia ser melhor. Esperei 22 anos para chegar aqui, com muito trabalho, e estou muito feliz por poder ajudar a equipe no primeiro jogo e sair com a vitória", disse ao SporTV.

"O caminho é longo. São sete finais e já vencemos a primeira", finalizou.

Outro que destacou a boa preparação do time canarinho foi o lateral esquerdo Alex Sandro. "Estamos sempre preparados para as adversidades. Sabemos que a Sérvia usa muito as bolas aéreas e os jogadores fazem muito contato físico, mas nós também estamos preparados com ou sem a bola", falou o jogador, que aproveitou para elogiar a ajuda dos atacantes. "Tem de dar parabéns aos atacantes, que foram fundamentais hoje na nossa parte defensiva."

O jogador também fez uma análise geral do confronto e expressou um desejo especial.

"No meu ponto de vista, fizemos um ótimo primeiro tempo. Sabíamos que a Sérvia iria abaixar com a nossa movimentação. Então, as coisas começaram a dar mais certo no segundo tempo. Conseguimos fazer os gols. Espero que na próxima oportunidade aquela bola na trave pegue no goleiro e vá para dentro do gol", brinca, sobre o chute que ele deu e acertou a trave sérvia.

O zagueiro e capitão Thiago Silva deixou claro que a vitória ajuda a aliviar a pressão pelos resultados nas próximas rodadas.

"Foi uma vitória muito importante. A gente sabe o quanto era importante. No Mundial passado, a gente iniciou com um empate e teve uma pressão enorme para vencer o segundo jogo. Hoje, com a boa vitória e a performance boa, principalmente no segundo tempo, dá confiança para o jogo contra a Suíça."

Titular na ponta direita da seleção, Raphinha comentou sobre o momento em que perdeu uma grande chance de marcar e acabou demonstrando abatimento após o lance.

"Quero fazer gols em todos os jogos. É normal baixar a cabeça naquele momento, pensar que poderia fazer. Infelizmente, não consegui, mas vou trabalhar para fazer no próximo jogo."