Jogadores da Ponte Preta ficam feridos após ataque ao ônibus da equipe; veja o vídeo

LANCE!
·1 minuto de leitura


Após a derrota para a Inter de Limeira, na noite da última segunda-feira, pelo Campeonato Paulista, o ônibus da equipe da Ponte Preta foi cercado e apedrejado por torcedores ao redor do Estádio Moisés Lucarelli. Segundo o clube, as pedras arremessadas feriram os jogadores do alvinegro. Em nota, a diretoria repudiou a ação.
+ Confira a classificação do Campeonato Paulista

- A Associação Atlética Ponte Preta repudia veementemente a ação absurda de pessoas que atacaram o ônibus da equipe após o jogo da noite desta segunda-feira e, entre outras ações, quebraram o vidro traseiro do ônibus, cujos estilhaços causaram escoriações nos atletas e feriram o meia Locatelli - publicou a Ponte Preta.

- A Ponte acionou as autoridades, está disponibilizando todas as imagens para a polícia e vai colaborar e atuar para que os responsáveis sejam identificados e exemplarmente punidos nas formas da lei - continuou em nota.

Os atletas da Macaca também se posicionaram contra a atitude dos torcedores e compartilharam as imagens do ataque.

- Repudiamos veementemente as atitudes covardes que supostos "torcedores" tiveram na saída do nosso ônibus após o jogo de hoje. Ameaçaram nossa integridade física e, diferentemente do que eles pensam, essa conduta não nos motiva. Exigimos respeito aos atletas e comissão da Ponte Preta, pois damos nosso melhor em prol do clube. Isso é inaceitável. Até quando teremos de lidar com ameaças absurdas no meio do futebol brasileiro? Basta! - escreveram.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A derrota diante da Inter manteve a Ponte Preta na terceira colocação do Grupo B com dez pontos conquistados, um a menos que a Ferroviária, vice-líder.