Jogadores do Corinthians falam sobre mudanças táticas propostas por Fernando Lázaro

Fernando Lázaro durante treino do Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)


O Corinthians não fez uma boa estreia no Campeonato Paulista. A equipe foi derrotada pelo Red Bull Bragantino por 1 a 0, fora de casa, em início de temporada com muitos desfalques no Timão.

Sob nova direção, agora com Fernando Lázaro no comando técnico do time, o esquema tático também será variado, e os jogadores comentaram sobre as mudanças após o duelo em Bragança Paulista.

> Veja a tabela do Campeonato Paulista 2023


> Confira as movimentações do mercado da bola no vaivém do LANCE!

- É um esquema que a gente vem treinando junto com o 4-1-4-1, ou um 4-2-3-1, enfim, são coisas que a gente vem trabalhando ainda mais pela qualidade que a gente tem no meio, a gente entende que pode ser um diferencial importante para a nossa equipe. Claro que leva tempo, precisamos trabalhar, jogar. Cada jogo é um jogo e pode ser que no próximo a gente não entre com a mesma formação, vai depender do que o Lázaro vai querer - disse o volante Maycon.

O jogador, inclusive, deixou claro que confia muito no trabalho do novo treinador, e que a equipe vai continuar trabalhando forte para que as derrotas sejam cada vez menos frequentes.

- A gente está se entregando, trabalhando forte para que as vitórias venham. Mas é importante pensar jogo a jogo, passo a passo. Nosso próximo jogo é em casa e lá somos mais fortes - disse.

Quem também está confiante na nova proposta de jogo imposta pelo treinador é o meio-campista Roni. Para ele, no entanto, é provável que os jogadores precisem de um pouco mais de tempo para se acostumarem.

- É um perfil diferente (Fernando Lázaro), é um grande treinador, acredito que tenha muita margem para crescimento. A gente vai se cobrar mais para crescer. É um sistema novo que a gente vem treinando. Acho que precisa de tempo e uma hora vai encaixar e as coisas vão dar certo - completou Roni.