Jogadores do Brasil começam a projetar duelo contra a Argentina

·2 min de leitura


Nem deu muito tempo para comemorar a vitória por 1 a 0 sobre a Colômbia por 1 a 0, na Neo Química Arena em São Paulo, na última quinta-feira (11), que garantiu a Seleção Brasileira na Copa do Mundo do Qatar, em 2022, que a cabeça já voltou para o próximo compromisso do Brasil.

Ainda que a Seleção tenha garantido a classificação para o Mundial, o próximo confronto pelas Eliminatórias é diante da Argentina, principal rival, e que está sendo projetada pelos atletas brasileiros, entre eles o meia Lucas Paquetá, autor do gol da vitória contra os colombianos e que colocou o Brasil na Copa do Mundo.

- Vai ser um grande jogo, Argentina é uma grande equipe, tem toda a rivalidade, a´te mesmo do último jogo, que não aconteceu. Vamos encarar como um grande jogo, porque é uma equipe qualificada e temos que fazer o melhor para conseguir a vitória, que é o nosso objetivo - disse o camisa 17 em entrevista coletiva após o último jogo.

O goleiro Alisson, que contra a Colômbia completou 50 jogos pela Seleção Brasileira foi outro atleta que destacou a grandeza do clássico contra a Argentina.

- Enfrentar a Argentina é sempre importante e especial. Já é grande quando tu joga por um clube e jogar pela Seleção é marcante. Realmente ganharam a última Copa América. Acredito que nós merecíamos essa conquista, Mas no futebol só há um vencedor. Próximo jogo é para mostrar nossa força e nosso trabalho também - ressaltou o arqueiro.

Contra os 'hermanos', o Brasil não terá o volante Casemiro, um dos 'donos do meio-campo' da Seleção, mas que recebeu o segundo cartão amarelo contra a Colômbia e cumprirá suspensão automática. Alisson comentou sobre a ausência do volante, mas ressaltou que a suspensão pode dar oportunidades para outros jogadores mostrarem serviço.

- Da mesma maneira a gente vai encarar (Argentina). Lógico que a gente quer contar com o Casemiro em todos os jogos possíveis, mas isso dá oportunidade para aqueles que não vêm jogando com frequência e dá oportunidade pra equipe estar preparada para qualquer situação. Na Copa isso pode acontecer também, qualquer jogador ficar de fora. Todos estão prontos para entrar e render o máximo pela equipe - afirmou o goleiro.

Após folgar nesta sexta-feira (12), a Seleção Brasileira volta as atividades no sábado (13), na Academia de Futebol, Centro de Treinamentos do Palmeiras. A delegação viaja para San Jan na segunda-feira (15) e encara a Argentina na terça-feira (16), às 20h30.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos