Jogador do Manchester City é inocentado de seis acusações de estupro

Benjamin Mendy foi inocentado de acusações de estupro (Foto: AFP/BENJAMIN CREMEL)


Benjamin Mendy, jogador do Manchester City, foi declarado inocente das acusações de estupro, feitas por seis mulheres, em 2020. De acordo com o jornal 'The Guardian', o atleta ainda responde por outros dois crimes de abuso sexual.

A decisão foi tomada no Tribunal de Chester, na Inglaterra, nesta sexta-feira. Benjamin Mendy foi preso no dia 11 de novembro de 2020, mas alegou que todas as mulheres que o acusaram de estupro queriam se relacionar com ele.

+ Irmã gêmea de Key Alves, do BBB 23, é atleta e noiva de jogador do Palmeiras

O atleta voltará a ser julgado em breve por conta de outra suspeita de estupro, e uma tentativa de abuso sexual. A decisão sobre as duas acusações não foi tomada porque o júri não conseguiu chegar a uma decisão sobre os casos.

+ Filha de Pelé posta carrossel de fotos dos últimos dias de internação do Rei do Futebol

Aos 28 anos, Mendy não joga pelo Manchester City desde o dia 15 de agosto de 2021, quando o time perdeu para o Tottenham, por 1 a 0. Revelado pelo Le Havre, o lateral também somou passagens por Olympique de Marselha e Monaco.