Jogador do Lokomotiv fez o gol mais comemorado por Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo já jogou com craques do calibre de Ryan Giggs, Luka Modric e Karim Benzema, só para lembrar de alguns dos tantos grandes jogadores que já dividiram o relvado com o português.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Além disso, soma uma quantidade gigantesca de títulos: em meio às dezenas de taças, foram quatro Ligas dos Campeões (uma pelo Manchester United e outras três pelo Real Madrid). Entretanto, o troféu mais especial na carreira do atual jogador da Juventus foi o da Euro 2016, com a seleção portuguesa.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

“Conquistar algo por Portugal pela primeira vez na história era algo que faltava na minha carreira, um dos momentos mais importantes da minha vida (...) Um sonho que eu queria cumprir e foi o que aconteceu. Uma emoção muito grande com a minha família, tinha uns 23 anos, e foi um momento único na minha vida”, disse em 2016.

E nesta quarta-feira (05), Cristiano Ronaldo terá o primeiro encontro, como adversário, com o jogador que lhe possibilitou efetivamente a conquista que ele tanto sonhava.

Éder, atacante com atualmente 31 anos, está longe de ser brilhante. Na verdade, tem uma carreira errante e o maior clube por ele já defendido é justamente o Lokomotiv de Moscou, adversário da Juventus nesta quarta, em jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da Champions League. No entanto, o centroavante está na história pelo gol marcado na prorrogação da final de Eurocopa sobre a França, que sediava o torneio.

Cristiano Ronaldo ficou em campo por apenas 25 minutos, até que uma lesão muscular o tirou de ação. Da área técnica, contudo, o camisa 7 foi praticamente um auxiliar do técnico Fernando Santos e buscou sempre passar força para quem estava jogando.

Em meio ao empate sem gols no tempo regulamentar, quando Fernando Santos optou por Éder, CR7 fez uma previsão que depois seria revelada pelo herói improvável do título.

Eder Lokomotiv
Eder Lokomotiv

(Foto: Getty Images)

“Ele (Cristiano Ronaldo) disse que seria eu a fazer o gol da vitória, tanto ele como meus colegas. Ele passou essa força, essa energia, e foi muito importante marcar o gol, mas foi um gol muito trabalhado por nossa equipe desde o primeiro minuto. Desde o inicio do europeu fomos espetaculares, o povo português merece”, disse ainda em meio às comemorações.

Com um chute aparentemente despretensioso, de longe, Éder venceu Lloris e garantiu o 1 a 0 para os portugueses.

Três anos depois, esta será a primeira vez que CR7 e Éder se encontrarão como adversários. E o atacante, que fez 5 gols em 13 jogos na atual temporada (apenas um a menos em relação a Cristiano), não esconde que será especial... mas, como diz o ditado, “amigos amigos, negócios à parte”.

 “É sempre bom jogar contra o meu companheiro de seleção e melhor jogador do mundo”, afirmou Éder, sobre Ronaldo. “Eu gosto de jogar no Stadion Lokomotiv, aqui é nossa casa. Todo o time sente isso, não apenas eu”.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também