Jogador do Internacional enfrenta fila para conseguir autógrafo para a filha no Rio Open

Alan Patrick tentou autógrafo de Alcaraz para a filha no Rio Open (Armando Paiva/ LANCE! e Reprodução)


Alan Patrick, jogador do Internacional, enfrentou uma batalha em busca de um autógrafo do tenista espanhol Carlos Alcaraz, para a filha, Camille, de 10 anos. Apesar de todo o esforço, o paizão não conseguiu o tão sonhado autógrafo do europeu na final do Rio Open, no Jockey Club.

As crianças que lideravam a fila nas grades da saída da Arena Giga Kuerten nem assistiram ao jogo para conseguir um autógrafo do atleta de 19 anos, que acabou com o vice da competição. Na saída, Alan bateu um rápido papo com o LANCE!. Ele contou que viajou com a filha e a esposa, para assistir ao Rio Open e que a menina é apaixonada pelo esporte.

+ Web se revolta com atuação do VAR em Santos x Corinthians: 'Atrocidade'

- Ela treina tênis, gosta muito do esporte. Não consegui o autógrafo, mas faz parte. Conseguimos as fotos e foi um momento único - disse ele, que carregou a menina nos ombros enquanto tentava tirar uma selfie.

+ Jornalistas criticam atuação de Edna Alves em Santos x Corinthians: 'Pior jogo dela'

Questionada, a pequena Camille se mostrou decepcionada com o resultado do jogo. Ela gostaria de ver o espanhol levantando a taça pelo segundo ano consecutivo. Alan Patrick joga no Internacional, mas já defendeu Shakhtar Donetsk, Santos, Palmeiras e Flamengo.