Jogador do Galatasaray sofre lesão nos olhos por fogos de artifício

·1 minuto de leitura
Omar Elabdellaoui (E) em ação pela seleção da Noruega contra a Romênia pela Liga das Nações da Uefa

O jogador norueguês Omar Elabdellaoui, que atua pelo Galatasaray, ficou gravemente ferido no rosto e nos olhos por uma explosão de fogos de artifício durante as comemorações de Ano Novo, informaram nesta sexta-feira o médico que atende o zagueiro e o clube turco.

Elabdellaoui “chegou ao hospital ontem (quinta-feira) por volta da meia-noite, está ferido nos dois olhos”, explicou o doutor Vedat Kaya, do hospital Liv, onde o jogador está internado.

“Nós o tratamos com um cirurgião plástico e uma equipe de oftalmologistas”, acrescentou.

Elabdellaoui não perdeu a visão, mas um olho foi mais afetado que o outro, disse o médico, acrescentando que o jogador estava "melhor" nesta sexta-feira, mas que ainda é cedo para saber se isso terá consequências a longo prazo.

O médico também preferiu não determinar o tempo de recuperação.

O presidente do Galatasaray, Mustafa Cengiz, que visitou o jogador nesta sexta-feira, disse estar animado.

"Sua condição melhora. Devemos ter esperança. Acho que teremos que esperar uma ou duas semanas" para saber mais claramente como será sua condição, afirmou o dirigente.

Segundo a imprensa turca, o jogador sofreu queimaduras no rosto devido a um fogo de artifício que explodiu nas suas mãos em casa, durante as comemorações do final de 2020.

Os ferimentos foram tratados, mas uma nova operação não está excluída, declarou Kaya.

O treinador do Galatasaray, Fatih Terim, e o capitão da equipe, Arda Turan, também visitaram o norueguês.

gkg/smr/dr/iga/lca