Jogador declarado morto há quatro anos 'volta à vida' em caso de fraude na Alemanha

Goal.com

Uma história curiosa chamou atenção na Alemanha nesta segunda-feira (4), o ex- zagueiro do Schalke 04, Hiannick Kamba, foi encontrado vivo e bem quatro anos depois de ter sido declarado morto em um acidente de carro. E uma investigação de fraude no seguro de vida foi aberta.

O jogador congolês, que era companheiro de equipe de Manuel Neuer durante o tempo do goleiro no Schalke, foi declarado morto em janeiro de 2016, após um aparente acidente em seu país de origem. No entanto, quatro anos depois, Kamba foi encontrado vivo em Gelsenkirchen e trabalhando como técnico químico para uma empresa de fornecimento de energia, depois de apresentar um pedido para voltar à Alemanha em 2018.

Uma investigação foi aberta contra a ex-esposa do jogador, por suspeita de ela ter dado um golpe no seguro de vida do marido. Após a morte do ex-jogador, ela cobrou da empresa um valor de seis dígitos, tendo se declarado elegível ao valor ao apresentar documentos que provavam a morte de Kamba. 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"A acusada é acusada de fraude, mas ela nega o fato. O processo ainda está em andamento", disse promotora Anette Milk, responsável pelo caso contra a ex-mulher do jogador, ao jornal alemão Bild. "Kamba alega que foi abandonado por amigos durante uma noite em janeiro de 2016, no Congo, e deixado sem documentos, dinheiro e celular".

De acordo com o jornal, Kamba, hoje com 33 anos será nomeado como testemunha chave na investigação do caso.

Kamba e seus pais fugiram do Congo em 1986, mas sua família foi deportada de volta para o país africano em 2005. No entanto, ele foi autorizado a permanecer na Alemanha por ser jogador da equipe juvenil do Schalke, o que lhe rendeu asilo e direito de residência. 

Foi no Schalke que ele jogou ao lado da estrela do Bayern de Munique Manuel Neuer, que foi goleiro do clube de 1991 a 2001.

Leia também