Jogador da Roma fica no prejuízo em acidente automobilístico

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Atacante inglês já marcou 12 gols na atual temporada com a camisa da Roma. Foto: Paolo Bruno/Getty Images
Atacante inglês já marcou 12 gols na atual temporada com a camisa da Roma. Foto: Paolo Bruno/Getty Images

Enquanto muita gente usou roupa amarela para ter mais dinheiro em 2022, o ano começou com um baita prejuízo para um jogador da Roma. O atacante Tammy Abraham, um dos destaques do time da capital italiana, estava a caminho do treino nesta segunda-feira (3) e acabou se envolvendo em um acidente automobilístico.

De acordo com o jornal “La Gazzetta dello Sport”, Tammy Abraham bateu uma 'Porsche Cayenne' avaliada em cerca de R$ 500 mil. Apesar do estrago, nem ele, nem a motorista do outro carro envolvido no acidente sofreram ferimentos e o jogador fez questão de saber sobre o estado da mulher.

Leia também:

O jogador de 24 anos, só se dirigiu ao treino depois de prestar todo o apoio por conta do acidente e a polícia não foi chamada já que os envolvidos entraram em um acordo sobre os prejuízos.

Essa não é a primeira vez que Tammy Abraham tem seu nome ligado a situações perigosas ao volante. No final do ano passado, o atacante levou uma multa por dirigir acima do dobro da velocidade permitida em uma das vias italianas.

O carro era outro: uma Lamborghini preta era o bólido pilotado pelo jogador no momento da infração.

Roma punida por racismo

Além da confusão envolvendo Tammy Abraham, outro assunto tomou conta dos noticiários do time da capital italiana. A Roma foi punida por insultos racistas de torcedores a Franck Kessié e Ibrahimovic durante o jogo entre as equipes no Estádio Olímpico, pela 11ª rodada do Campeonato Italiano.

Após a vitória por 2 a 1 do Milan, o juiz Gerardo Mastrandrea, determinou que o setor destinado a torcedores organizados fosse fechado por um jogo. Ibrahimovic que fez um gol de falta na partida foi chamado de “cigano”, enquanto Kessié foi alvo de gritos de “macaco” antes de converter o pênalti que garantiu os três pontos ao Milan.

Entretanto, a punição foi suspensa por um ano e a sanção só valerá caso os torcedores da Roma cometam outra violação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos