Jogador do Crystal Palace faz doação para ajudar time feminino do clube

Gazeta Press
Zaha em jogo do Crystal Palace (Matthew Ashton - AMA/Getty Images)

Wilfried Zaha

Zaha em jogo do Crystal Palace (Matthew Ashton - AMA/Getty Images)

Nesta quarta-feira, uma nobre atitude chamou atenção no futebol inglês. Wilfried Zaha, atacante do Crystal Palace, da primeira divisão do Campeonato Inglês, fez uma doação em dinheiro a fim de ajudar o time feminino do clube, que passa por dificuldades financeiras. Além de um comunicado oficial, as Águias utilizaram suas redes sociais para agradecer o jogador pelo gesto.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

“Em um esporte que é muitas vezes mostrado através de comentários negativos e sentimento, temos hoje foi inspirado por um gesto impressionante de Wilfried Zaha demonstrar o desejo real de ajudar a desenvolver a ambição de futebol dentro de seu clube. Sinceros agradecimentos a um cavalheiro que sabe o que significa ser Crystal Palace”, escreveu o clube, que obteve a resposta do atleta logo em seguida: “Sem problemas, feliz em ajudar”, publicou o marfinense. 

No comunicado oficial, o Crystal Palace expôs todas as dificuldades que enfrenta para manter o Palace Ladies, que disputa Superliga Feminina da Inglaterra, mas depende do dinheiro de poucos patrocinadores para continuar existindo.

“Nosso orçamento e planos de negócios e marketing foram claramente definidos em nossa inscrição para o Campeonato Feminino da FA; assim como muitos outros clubes, incentivamos os jogadores a buscar patrocínio pessoal para ajudar a elevar o perfil do clube e criar vínculos com a comunidade empresarial”, admitiu.

A doação de Zaha é destinada às categorias de base do Palace Ladies, de forma que a formação das jogadoras não seja prejudicada pela falta de recurso presente, de modo geral, no futebol feminino. Vale lembrar que o atacante foi formado nas categorias de base, e, segundo a nota, “quer dar as mesmas oportunidades que teve para a próxima geração de aspirantes do time feminino”.

Esta não é a primeira atitude louvável de do jogador de 25 anos, natural da Costa do Marfim, que também é conhecido por destinar 10% de seu salário à caridade. Na atual temporada, o camisa 11 disputou três partidas e balançou a rede duas vezes pela Premier League.

Leia mais:
Jornal revela plano do Barça para contratar Rabiot e De Jong
Morata se empolga com recomeço na Espanha
Ronaldinho fala sobre Vinícius Jr, Rodrygo, Coutinho, Messi e CR7

Leia também