Jogador de futsal do Corinthians é assassinado em Erechim

Yahoo Esportes
Douglas Nunes em partida do Corinthians Futsal. (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians / Divulgação / CP)
Douglas Nunes em partida do Corinthians Futsal. (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians / Divulgação / CP)

O pivô Douglas Nunes da Silva, do Corinthians Futsal, foi assassinado na madrugada deste domingo. O jogador foi baleado na saída de uma casa noturna na área central de Erechim, no Rio Grande do Sul. A 2ª DP da cidade investiga o caso, mas o autor do crime fugiu e ainda não foi identificado.

Leia também:

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Douglas foi socorrido e levado ao hospital local, mas não resistiu aos ferimentos. As primeiras informações apontam que o jogador teria se envolvido em uma discussão dentro do local e, horas depois, teria sido surpreendido pelos disparos.

A equipe de futsal do Corinthians estava na cidade para a disputa das semifinais da Taça Brasil da modalidade. Neste sábado, o clube alvinegro perdeu de 5 a 3 para o Atlântico, time anfitrião. Outro jogo com a equipe, desta vez pela Liga Nacional de Futsal, estava marcado para a próxima quarta-feira.

Nesta manhã, o Corinthians divulgou uma nota de pesar: “O Sport Club Corinthians Paulista lamenta o falecimento do jogador Douglas Nunes, do time de futsal do clube, durante a madrugada deste domingo (11). Força aos familiares e aos amigos neste momento tão difícil”.

Falcão, ídolo do futsal brasileiro, também se manifestou nas redes sociais. “Inacreditável, que mundo é esse? O craque Douglas acaba se ser assassinado. Que Deus conforte o coração da família”, escreveu o jogador.

Douglas defendia o Corinthians Futsal desde o ano passado. Nascido em São Caetano do Sul (SP), o atleta de 27 anos vestia a camisa número 9 e já tinha títulos da Liga Paulista, Super Liga, Copa Paulista, Copa do Cazaquistão e Eremo Cup.

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes

Leia também