Jogão! Manchester City visita o Chelsea e pode dar emoção ao Inglês

Nesta quarta-feira, o líder Chelsea e o Manchester City fazem duelo que pode ser determinante para os rumos da parte final do Campeonato Inglês. A partida, válida pela 31ª rodada, será no Stamford Bridge, em Londres, às 16h (de Brasília).

Depois de uma dura derrota para o Crystal Palace dentro de casa, os Blues chegam ao clássico precisando vencer para não verem sua vantagem de sete pontos diminuir ainda mais. Para a partida, Victor Moses é dúvida para o técnico Antonio Conte e ainda será reavaliado.

- Quando você joga contra o City é importante dar uma boa contribuição sem a bola e prestar atenção quando está no ataque, porque eles têm grandes jogadores para armar o contra-ataque. Estamos falando sobre um ótimo time com um bom técnico - analisou Conte.

- Com 27 pontos em disputa, é normal que tudo ainda possa acontecer. Com certeza precisamos ganhar 21 pontos para sermos campeões matematicamente. Mas estamos em uma boa posição e ninguém pensou que o Chelsea brigaria nessa temporada - comentou o italiano.





Antonio Conte - Chelsea

Conte pediu foco neste fim de temporada (Foto: Glyn KIRK / AFP)

Já os Citzens vem de um empate por 2 a 2 contra o Arsenal e atualmente estão na quarta posição da Premier League, com 58 pontos, um a menos do que o Liverpool, em quarto, e 11 abaixo do Chelsea. A equipe precisa vencer para se manter firme na briga por vaga na Liga dos Campeões e até sonhar com título, a equipe de Pep Guardiola.

O desfalque para o treinador espanhol é Bacary Sagna, que sofreu uma lesão no duelo contra o Liverpool, ficando fora das partidas da seleção da França, e também do confronto contra os Gunners. No entanto, Pablo Zabaleta está disponível.

- O Chelsea merece estar onde está. Eles ganharam muitos pontos e muitos jogos em sequência. Agora precisamos conquistar o maior número de pontos possíveis e então veremos se temos chance de título ainda. Quero que meu time tenha coragem de jogar, não importa o resultado. Ainda estamos em processo para melhorar muitas coisas - completou o treinador.



Arsenal x Manchester City

City empatou com o Arsenal na última rodada (Foto: Divulgação/Twitter)

ARSENAL RECEBE O WEST HAM

Fazendo um clássico da cidade de Londres, o Arsenal recebe o West Ham no Emirates Stadium nesta quarta-feira, em confronto válido também pelo Campeonato Inglês. A bola começa a rolar às 15h45 (de Brasília).

Os Gunners, que vivem momento conturbado, vem de um empate por 2 a 2 contra o Manchester City, onde buscaram um bom resultado até o final. Para este confronto, o técnico Arsene Wenger aguarda liberação do departamento médico para contar com Oxlade-Chamberlain e Aaron Ramsey. Já Laurent Koscielny será desfalque, assim como Petr Cech.

- Precisamos ser cuidadosos, porque o West Ham tem sido melhor fora de casa do que dentro. Eles estão sofrendo um pouco em seu novo estádio. A equipe perdeu Payet durante a temporada também. A Premier League é difícil, mas quando você olha para o time deles, tem bons jogadores - analisou Wenger.

Já o West Ham vem de uma temporada complicada. Depois de surpreender no último ano, a equipe ocupa apenas a décima quarta posição na tabela e já chega a seis jogos consecutivos sem vitória. O técnico Slaven Bilic analisou o confronto:

- Vimos algumas coisas nos últimos jogos deles que podemos manipular. Eles têm alguns problemas, é claro. Mesmo assim, são um time com talento, que você não pode correr o risco de perder a bola em seu campo, pois a transição que tem na frente é incrível - disse Bilic.

LIVERPOOL ENFRENTA O BOURNEMOUTH

Após uma revigorante vitória contra o Everton no clássico da cidade no fim de semana, o Liverpool agora recebe o Bournemouth no Anfield, em partida pelo Campeonato Inglês. O jogo será às 16h (de Brasília).

Para esta partida, o técnico Jürgen Klopp poderá ter o retorno de Daniel Sturridge, que só depende de liberação dos médicos agora. No entanto, Jordan Henderson e Adam Lallana continuam fora da equipe. Já Sadio Mané ainda passa por testes para saber a extensão de sua lesão, sofrida contra os Toffees, que pode ser mais séria do que parecia inicialmente.

- Agora não pensamos mais em como jogar o futebol perfeito. Jogamos pelos resultados. A primeira coisa que penso é "como podemos defender o Bournemouth?", não "como podemos criar 27 chances?", porque sei que podemos. Talvez não 27, mas podemos e iremos criar chances se formos fortes e bem organizados - analisou Klopp.


















Liverpool x Everton

Coutinho marcou belo gol para o Liverpool contra o Everton (Foto: PAUL ELLIS / AFP)

TOTTENHAM VISITA O SWANSEA

Em segundo lugar e só esperando um vacilo do Chelsea para tentar roubar a liderança no fim do Campeonato Inglês, o Tottenham visita o Swansea no País de Gales nesta quarta-feira. O jogo, no Liberty Stadium, começa às 15h45 (de Brasília).

Os Spurs vêm de quatro vitórias consecutivas na competição e agora está a sete pontos dos líderes. Já os galeses brigam contra o rebaixamento e estão a apenas um ponto do Hull City, primeiro time no Z3.

- A diferença diminuiu, mas ainda é grande. Precisamos ficar focados e tentar ganhar os jogos. Nosso desafio é vencer a próxima partida e ir passo a passo, jogo a jogo. Ainda temos muito trabalho a fazer - disse o técnico Mauricio Pochettino, que não terá Harry Winks, com lesão de ligamento confirmada nesta terça.

VEJA OS JOGOS DESTA QUARTA-FEIRA

15h45 - Arsenal x West Ham United
15h45 - Hull City x Middlesbrough
15h45 - Southampton x Crystal Palace
15h45 - Swansea City x Tottenham Hotspur
16h - Chelsea x Manchester City
16h - Liverpool x AFC Bournemouth














E MAIS: