Joel Santana reclama de busca por técnicos estrangeiros: 'Isso está virando uma doença'

LANCE!
·1 minuto de leitura

O treinador Joel Santana reclamou da "exagerada" procura dos clubes brasileiros por técnicos estrangeiros. Ao tratar em seu canal da chegada do argentino Ramon Diaz ao Botafogo, Joel considerou uma doença a busca por profissionais de fora, elogiou treinadores brasileiros e citou as saídas de Domènec Torrent e de Eduardo Coudet, de Flamengo e Internacional, respectivamente.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

- Dois já caíram, vamos parar com essa p... de buscar treinador lá fora. Vamos buscar aqui dentro. Isso está virando uma doença. Acha que tudo vai dar certo, mas se não tiver time na mão e competência, vai quebrar. Até agora, não entendi porque o Botafogo, assim como o Vasco que mandou o Ramon Menezes embora, estava com Bruno Lazaroni, que conhece a casa, competente, estudioso e botou o garoto pra fora - reclamou ele no "Canal do Joel", do YouTube.

Leia também:

- Vamos ver se esse cara (Ramon Diaz) vai dar certo. Não é da noite para o dia. Vai na Argentina, no Uruguai, no Chile... Até da Bolívia. Eu não aguento, Botafogo. Espera aí, cara! Técnico boliviano? Não, esquece. Vamos ver - completou Joel, citando nacionalidades de técnicos procurados pelo clube carioca.

A Série A do Campeonato Brasileiro conta atualmente com quatro técnicos estrangeiros: Jorge Sampaoli, do Atlético-MG; Ricardo Sá Pinto, do Vasco; Abel Ferreira, do Palmeiras; e, agora, Ramon Diaz, do Botafogo.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos