Joel Carli diz estar orgulhoso após renovar com o Botafogo: 'É o clube que eu amo'

Joel Carli renovou por seis meses com o Botafogo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)


O Botafogo anunciou a renovação de contrato de Joel Carli até julho. Com isso, o defensor, de 36 anos, seguirá no Alvinegro até pendurar as chuteiras e caminhar para uma função administrativa. Durante a coletiva de imprensa, o argentino celebrou o prazer de renovar com o clube carioca e se mostrou motivado para os últimos momentos da carreira como jogador

+ Confira as novidades do mercado da bola

- Para mim é uma honra e um prazer, me sinto orgulhoso em renovar com o Botafogo. É o clube que eu amo, me sinto em casa. Vou desfrutar desse momento - afirmou o zagueiro.

Até o momento, a direção do Glorioso não definiu qual o papel do argentino dentro do clube quando encerrar a carreira. O jogador falou que vem planejando durante os últimos anos este momento e está disposto a aprender.

- Estamos planejando sim (o que fazer após a aposentadoria). Já venho planejando desde alguns anos, venho estudando a parte técnica, de direção. Gosto muito de aprender, a parte de direção, gosto muito do futebol por completo. Estamos preparando o que vai ser a minha carreira - pontuou.

+ Confira e simule a tabela do Campeonato Carioca

Vale lembrar que Joel Carli chegou ao Botafogo em 2016 e se tornou o segundo jogador estrangeiro com mais partidas na história do clube, atrás de Gatito Fernández. Em 2020, deixou o clube, que passava por sérios problemas financeiros e administrativos, mas retornou no ano seguinte devido à intensa identificação com a torcida.

Carli chegou ao Botafogo em 2016 e é o segundo jogador estrangeiro com mais partidas na história do clube, atrás de Gatito Fernández. O argentino deixou o clube em 2020 por problemas financeiros, mas retornou no ano seguinte. Ele destacou a identificação com o clube.

- A negociação (de renovação) foi fácil (risos). Não tem negociação difícil entre Carli e Botafogo, sempre que o clube quis contar comigo eu fiquei à disposição, foi algo bom para ambos os lados. Minha família está feliz, são botafoguenses doentes. Nada melhor para meus filhos e minha esposa em continuar aqui - explicou.