Jobson vê retorno próximo e vibra com elogios de Diniz no Santos

·2 minuto de leitura


O volante Jobson vai completar seis meses de cirurgia na próxima sexta-feira. Ele sofreu uma lesão no ligamento cruzado anterior e no menisco lateral do joelho direito na vitória do Santos por 2 a 1 contra Botafogo, em 17 de janeiro, na Vila Belmiro pelo Campeonato Brasileiro. Em entrevista exclusiva ao LANCE!/DIÁRIO, o jogador contou sobre o processo de recuperação.

- Minha recuperação está sendo muito boa, estou evoluindo bem e estou me sentindo super bem. Vou completar seis meses agora dia 6, já estou bem próximo de voltar a treinar com o grupo, de fazer alguns treinamentos de bola junto com o grupo. Ainda não 100% coletivo, mas algumas coisas gradativamente já vou voltar. Estou muito feliz e estamos na reta final - afirmou Jobson.

Fernando Diniz falou em entrevista coletiva que conta com o retorno do camisa 8 do Peixe. O treinador vê Jobson como "jogador talentoso" e que pode ajudar muito o elenco santista. O volante falou sobre a coletiva do Diniz e do estilo de jogo do técnico.

- Eu vi a entrevista do Diniz, fiquei muito feliz e da uma motivação maior para poder voltar. Sobre o estilo de jogo do treinador é o semelhante ao que eu acho ideal para o futebol onde exige muita movimentação, muito toque de bola e casa com as minhas características. Então, tem tudo para dar certo e espero que quando eu voltar a jogar eu possa ajudar bastante, que o Santos possa conquistas muitas vitórias - revelou o volante.

- Tenho acompanhado o Santos, vejo que o trabalho do professor Diniz já está sendo implementado. Já tem algumas coisas que você consegue observar que já é coisa que ele pede bastante e tenho certeza que quando ele conseguir colocar em prática tudo que ele deseja, o Santos vai melhorar muito mais e vai ter mais coisas para poder comemorar. Brigar lá em cima onde o Santos tem que sempre brigar - concluiu.

Jobson pode ser opção entre os volantes do Santos, uma vez que Alison tem saída encaminhada para o Al Hazem, da Arábia Saudita. O jogador comentou sobre uma disputa sadia no meio de campo do Santos.

- O time do Santos sempre foi uma disputa saudável, todo mundo se respeita tanto quem chega e quem já é de casa. Então, vai ser uma disputa boa onde só o Santos tem a ganhar - ressaltou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos