Jobson explica ida até delegacia e revela que polêmica prejudicou negociação com clube

Jogador foi chamado para depor por suspeita de envolvimento com tráfico de drogas - Foto: Vitor Silva/SS Press


O atacante Jobson teve seu nome ligado em um caso de polícia, ao ser conduzido à delegacia de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, por suspeita de envolvimento com tráfico de drogas. O caso ocorreu nesta quinta-feira, durante uma ação da Polícia Militar que investigava uma denúncia. Ao LANCE!, Jobson esclareceu todo o acontecimento.

- Eu joguei com um moleque daqui de Angra dos Reis. Conheço ele como jogador. Agora, a partir do momento que eu conheço ele como jogador, é jogador. Quando ele começou com as paradas erradas eu me afastei. Nem aqui eu estava. Fiquei 14 dias no Espírito Santo, jogando em campeonatos beneficentes, com alguns amigos. Estava indo para Angra, mas não para a casa dele - explicou.

Jobson confirmou a informação de que foi encaminhado à 166 ª Delegacia Policial e deu mais detalhes sobre sua ida até Angra dos Reis. O atleta relatou que foi surpreendido com a abordagem policial e abafou a situação noticiada na imprensa.

> GALERIA: Lembre aqui outras polêmicas já vividas por Jobson

- Mandei mensagem para esse amigo meu. Eu não sabia que ele estava preso. A gente sempre foi de brincar um com o outro, só que quem estava falando comigo eram os policiais, e eu não sabia. Os policiais estavam corretos, acharam que eu estaria armado e trazendo armas, drogas, ou coisa assim para cá. Pararam o meu ônibus, viu que não tinha nada e pronto. Dei minha declaração e acabou - contou Jobson, que emendou.

- Não fui algemado, não fui preso, não fui nada. Me ouviram e me liberaram. Mas ninguém passou a mão ou me aliviou. Foi uma brincadeira no telefone que não era hora de brincar. Só que era uma coisa privada no telefone.

Jobson revela que toda a polêmica envolvendo seu nome acabou prejudicando uma negociação com um clube, que não teve o nome revelado.

- Se eu estivesse fazendo alguma coisa errada, estaria no presídio. Isso está me atrapalhando. Ia assinar contrato com um clube agora e os caras ficam falando "o Jobson não mudou". É complicado - desabafou.

Histórico problemático

Jobson iniciou a carreira no Brasiliense, em 2009. Depois do clube do DF, o jogador passou por Botafogo, onde foi fundamental para a permanência do Alvinegro na primeira divisão do Brasileirão.

Depois da passagem pelo time carioca, o atacante rodou por diversos clubes do Brasil e do mundo: Atlético-MG, Bahia, Grêmio Barueri, São Caetano e Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Nesse período, Jobson esteve envolvido em diversas polêmicas.

Neste ano, o jogador foi anunciado no Sport Lagoa Seca para a disputa do Campeonato Paraibano. Ele fez cinco partidas e não marcou nenhum gol.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos