Jobson é conduzido à delegacia por suspeita de envolvimento com tráfico de drogas

Jobson em ação pelo Botafogo em 2015 (Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)


O atacante Jobson voltou a ter seu nome ligado em mais uma polêmica. Ele foi conduzido à delegacia de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, por suspeita de envolvimento com tráfico de drogas. O caso ocorreu nesta quinta-feira, durante uma ação da Polícia Militar que investigava uma denúncia. O ex-jogador do Botafogo prestou depoimento e foi liberado.

Segundo o jornal 'Extra', a Polícia Militar informou que 16 trouxinhas de maconha e 12 pinos contendo pó branco foram encontrados no local da denúncia, uma residência na região. Dois suspeitos foram presos na operação.

Jobson foi associado à investigação por conta de uma troca de mensagem com um dos homens envolvidos. Ao chegar no local, ele foi encaminhado ate a 166ª DP, no entanto, acabou liberado. O atacante não portava nenhuma arma ou droga, o que era a suspeita da PM.

Histórico problemático

Jobson iniciou a carreira no Brasiliense, em 2009. Depois do clube do DF, o jogador passou por Botafogo, onde foi fundamental para a permanência do Alvinegro na primeira divisão do Brasileirão.

Depois da passagem pelo time carioca, o atacante rodou por diversos clubes do Brasil e do mundo: Atlético-MG, Bahia, Grêmio Barueri, São Caetano e Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Nesse período, Jobson esteve envolvido em diversas polêmicas.

Neste ano, o jogador foi anunciado no Sport Lagoa Seca para a disputa do Campeonato Paraibano. Ele fez cinco partidas e não marcou nenhum gol.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos