Procura-se João Pedro: menino de 14 anos é morto em operação policial no RJ

Yahoo Notícias
João Pedro, 14 anos, brincava em casa quando foi baleado durante operação policial (Foto: Reprodução)
João Pedro, 14 anos, brincava em casa quando foi baleado durante operação policial (Foto: Reprodução)

O nome de João Pedro está entre os assuntos mais comentados na internet na manhã desta terça-feira. O menino de 14 anos sumiu depois de ser baleado durante uma operação policial no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, na segunda-feira. Nesta manhã, a TV Globo confirmou a morte de João Pedro.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Pelas redes sociais, um primo do menino pediu ajuda para encontra-lo. “Gente, pelo amor de deus, me ajudem. Esse é o meu primo, João Pedro Matos Pinto, tem 14 anos e estava hoje por volta das 16h em casa na Praia da Luz, São Gonçalo, RJ. Em uma operação da polícia os traficantes entraram na casa e os policiais saíram atirando e atingiu ele na barriga”, escreveu.

O assunto se espalhou pelas redes e fez com que o nome do menino e #procurasejoaopedro estivessem entre os principais temas do Twitter.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Rene Silva, ativista e criador do Voz das Comunidades, informou pelas redes sociais que os pais de João Pedro o encontraram no Instituto Médico Legal de São Gonçalo. “O adolescente de 14 anos estava dentro de casa brincando com primos e amigos”, relatou Rene.

Segundo o portal G1, a Polícia Civil informou que João Pedro foi atingido durante um confronto na comunidade. Policiais federais e civis atuavam no local. Foi instaurado um inquérito para investigar a morte do jovem. Duas testemunhas prestaram depoimento e foi feita perícia no local.

Leia também

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Em depoimento à TV Globo, uma pessoa da família de João Pedro relatou que, ao ser ferido, o menino foi levado para um helicóptero. Depois, não foi mais visto pela família. O G1 revelou que o Corpo de Bombeiros tentou socorre-lo, mas o adolescente não resistiu.

A ação policial que ocorria em São Gonçalo cumpria mandados de busca e apreensão contra líderes de uma facção criminosa.

Leia também