Alonso diz que se sente "como nos velhos tempos" com novos carros da F-1

Paris, 23 mar (EFE).- O bicampeão mundial Fernando Alonso afirmou nesta quinta-feira que os novos carros da Fórmula 1 para a temporada que começa neste fim de semana na Austrália se adaptam mais ao seu estilo de pilotagem, mais agressivo e incisivo, e fazem com que ele se sinta "como nos velhos tempos".

Em entrevista divulgada nesta quinta-feira pelo jornal francês "L'Équipe", Alonso disse que está "perfeitamente preparado" para nova temporada, na qual avalia que a habilidade de condução voltará a ser um elemento-chave para o sucesso do piloto.

Segundo o piloto espanhol, as novas regras da Fórmula 1 fizeram com que os carros ficassem cerca de quatro segundos mais rápidos por volta e facilitam os ataques nas curvas, algo que deixa "tudo emocionante mais uma vez", disse Alonso.

Apesar do otimismo, Alonso reconheceu que sua equipe, a McLaren, deve reagir com rapidez se quiser recuperar a liderança da categoria e competir de igual para igual com Ferrari, Red Bull e Mercedes.

Para o bicampeão, falta "confiabilidade e rendimento" ao carro da McLaren. Alonso ainda reclama dos cerca de 40 km/h de velocidade que faltam ao veículo que conduzirá por causa da pouca potência dos motores Honda. No entanto, o espanhol afirmou que confia que será competitivo nas próximas semanas.

De qualquer forma, Alonso ressaltou que as deficiências do MCL32 não o afastam do nível que ele acredita merecer.

O piloto espanhol não chega perto do título desde 2012, quando Sebastian Vettel conquistou seu primeiro mundial apenas na última corrida da temporada. EFE