João Paulo brilha, Kaio Jorge marca e Santos elimina o Independiente na Copa Sul-Americana

·3 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Em uma atuação brilhante do goleiro João Paulo e com um gol do atacante Kaio Jorge, o Santos empatou em 1 a 1 com Independiente na noite desta quinta-feira, na Argentina, e garantiu a classificação para as quartas de final da Copa Sul-Americana. O Santos havia vencido o primeiro jogo, na Vila, por 1 a 0 e jogava pelo empate.

O adversário do Peixe será o Libertad, do Paraguai, que eliminou o Junior, da Colômbia. Antes dos confrontos, o Santos volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo, diante do Atlético-GO, na Vila Belmiro.

O jogo

Com a necessidade da vitória, o Independiente saiu para o ataque, tentou pressionar o Santos, mas parou no goleiro João Paulo. Aos 17 minutos, o camisa 1 do Peixe fez um milagre e salvou o time em chute de Velasco. Aos 21, Bustos cruzou da esquerda, a bola desviou em Kaiky, bateu na trave e João Paulo defendeu.

A pressão do time da casa continuou e João Paulo fez mais um milagre. Aos 37 minutos, Palacios recebeu livre na área e chutou na saída do goleiro do Peixe, mas João Paulo salvou de novo.

Quem não faz, toma. Um minuto depois, Marinho roubou a bola no meio-campo, Carlos Sánchez deu lindo lançamento para Kaio Jorge, Insaurralde falhou e o atacante do Peixe desviou na saída do goleiro para fazer o primeiro gol do Santos.

O segundo tempo seguiu com o mesmo cenário: Independiente atacante e o goleiro João Paulo fazendo milagres. Ele defendeu chutes de Lucas Romero e Silvio Romero logo com um minuto, em novo chute de Silvio Romero aos cinco, e fez outro milagre em chute de bustos aos dez minutos.

A situação tendeu a melhorar para o Santos aos 16 minutos. Insaurralde fez falta em Marinho na entrada da área. O árbitro marcou e deu cartão amarelo, mas foi chamado pelo VAR e mudou a decisão para cartão vermelho.

No entanto, mesmo com dez, o Independiente chegou ao empate. Aos 22 minutos, após confusão na área, Lucas González aproveitou sobra e soltou a bomba para vencer o goleiro João Paulo.

Depois do gol sofrido, o Santos conseguiu organizar a equipe. O Independiente tentava ameaçar, mas o Peixe conseguia anular as iniciativas da equipe argentina e ainda tinha chances nos contra-ataques. Vinícius Zanocelo e Gabriel Pirani tiveram chances de marcar, mas desperdiçaram.

Nos acréscimos, após cruzamento da esquerda, Silvio Romero cabeceou de dentro da pequena área e João Paulo fez mais um milagre para coroar a boa atuação.

FICHA TÉCNICA
INDEPENDIENTE 1 X 1 SANTOS

Data e hora: 22 de julho de 2021, às 19h15 (horário de Brasília)
Local: Estádio Avellaneda (ARG)
Árbitro: Diego Haro (PER)
Árbitros Assistentes: Jony Bossio (Peru) e Edwar Saveedra (Bolívia)
Árbitro de vídeo: Víctor Carrillo (PER)

Gols: Kaio Jorge, 37'/1ºT (0-1), Lucas González, 22'/2ºT (1-1)
Cartões amarelos: Barreto, Blanco e Lucas Romero (IND) e Jean Mota e Kaiky (SAN)
Cartões vermelhos: Insaurralde e Barreto (IND)

SANTOS: João Paulo; Madson, Luiz Felipe, Kaiky e Felipe Jonatan; Camacho (Alison, aos 40'/2ºT), Jean Mota (Zanocelo, aos 22'/2ºT) e Carlos Sánchez (Gabriel Pirani, aos 29'/2ºT); Marinho (Lucas Braga, aos 29'/2ºT), Marcos Guilherme (Marcos Leonardo, aos 40'/2ºT) e Kaio Jorge. Técnico: Fernando Diniz

INDEPENDIENTE: Sosa; Bustos, Barreto, Insaurralde e Rodríguez (Sonora, aos 34'/2ºT); Blanco (Herrera, no intervalo) e Lucas Romero; Palacios (Rodrigo Marques, aos 39'/2ºT), Velasco (Brian Martinez, aos 39'/2ºT) e Roa (Lucas González, no intervalo); Sebastian Romero. Técnico: Julio César Falcioni

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos