João Loureiro estreia neste domingo em Roland Garros. Boscardin joga na 2ª Feira

·1 minuto de leitura


João Loureiro, atleta da ADK Tennis/Itamirim Clube de Campo, em Itajaí (SC), estreia em Roland Garros neste domingo e disputa seu primeiro Grand Slam na carreira, na chave juvenil até 18 anos. O torneio é dos quatro maiores do mundo do tênis.

Loureiro, 51º do mundo, enfrenta o equatoriano Alvaro Guillen, 27º colocado, que é seu parceiro na equipe de desenvolvimento dos Grand Slams da Federação Internacional de Tênis o qual João está treinando desde o começo da semana em Paris, na França. Os dois fazem o último jogo da quadra 11 em torno das 14h de Brasília.
"Estamos juntos no time da ITF, foi uma coincidência a gente se enfrentar logo de cara. Conheço bem ele, jogamos juntos desde 12 anos, eventos Sul-americanos (Cosat). Joguei a última contra ele em Porto Alegre no começo do ano, as coisas não deram muito certo pra mim , acho que se eu trabalhar bem e fazer o que venho fazendo terei boas chances de avançar, ele é um cara que não vai me atacar demais, ele fica mais nos pontos, gosta de ficar comandando com a direita dele, preciso ficar atento para tirá-lo dessa zona de conforto, e é tentar dominar os pontos, fazer ele jogar do jeito que ele se sente desconfortável", analisou Loureiro.



Quem estreia na segunda-feira é Pedro Boscardin. O catarinense é o sexto do mundo, da RS Tennis, de Joinville (SC), enfrenta o convidado local Joshua Dous Karpenschif, 90º colocado do mundo. Ele está acompanhado do treinador Ricardo Schlachter e treinou na sexta-feira com Leo Borg, filho da lenda Bjorn Borg, o segundo maior campeão de Roland Garros com seis conquistas.

Pedro Boscardin com Leo Borg
Pedro Boscardin com Leo Borg

Divulgação

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos