Jesus pode superar dois vices continentais e levar lua de mel com a torcida a outro patamar

Lazlo Dalfovo e Matheus Dantas
LANCE!
Imagens de Jorge Jesus pelo Flamengo
Imagens de Jorge Jesus pelo Flamengo


"Olê, olê, olê, Mister, Mister".

Virou um ritual aos fins dos jogos no Maracanã. A torcida do Flamengo, sem ver a sua equipe perder em casa sob o comando de Jorge Jesus, enaltece o treinador e faz questão de reconhecer o admirável trabalho que conduziu a equipe à final da Libertadores e ao provável título do Campeonato Brasileiro.

Prestes a decidir a Copa, o Mister avaliar a importância do momento em sua carreira.

A responsabilidade e o prestígio que tem uma taça da Libertadores. É um pouco semelhante com a Champions. Mas dei uns passos à frente, pois agora estou na final. Quando saímos do Ninho, senti que era uma nação atrás de um sonho. Amanhã vamos tentar fazer exatamente isso. Temos a prioridade do prazer e da paixão, sem pensar na pressão para não ficarmos atrofiados. A confiança é o que nos move, sem pensar nas consequências positivas ou negativas da final - afirmou o treinador.






Jesus desembarcou no Brasil em meados deste ano. Havia uma natural desconfiança. Em Portugal, foi amado e odiado; venceu, perdeu, teve que superar desconfiança e foi responsável por quebrar uma dinastia do rival.

Ou seja, o Flamengo apostou em um dos personagens mais icônicos do futebol brasileiro. E dá para afirmar que o casamento deu certo, com direito à lua de mel, que pode subir a outro patamar no caso do título continental.

Por falar em título continental, é neste tema onde moram os principais fantasmas da carreira do Mister. Pelo Benfica, chegou a duas finais da Liga Europa, porém ficou com o vice-campeonato por dois anos consecutivos: nas temporadas 2011/12 e 2012/13, perdendo para Chelsea e Sevilla, respectivamente.

A última vez foi mais traumática, já que viu o título escapar nas penalidades, em um período no qual arrancou para o bicampeonato português pelos Encarnados. Em 2014, externou que o considera o "melhor treinador do mundo", mas que isso só poderia ser justificado com uma taça da Champions.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Hoje, o discurso é de que necessita títulos internacionais para que a opinião a respeito de sua competência seja validado. E é neste sábado que pode tirar ainda mais onda. Chegou a sua vez de desbravar um continente?

CIDADÃO CARIOCA

E Jorge Jesus está perto de se tornar carioca. Oficialmente. Isso porque, a Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou o título de cidadão honorário do Rio de Janeiro para o comandante do Flamengo, que será homenageado em cerimônia no plenário da Câmara na próxima segunda, no Centro do Rio.

O horário será às 10h. Cabe destacar que a iniciativa do título se deu através do do vereador Felipe Michel, ex-jogador do Flamengo do fim dos anos 1990.






Leia também