Jesualdo exalta evolução do Santos e mira: 'Temos que ser especiais'

Jesualdo Ferreira lamentou o empate contra a Ferroviária - Foto: Ivan Storti/Santos FC
Jesualdo Ferreira lamentou o empate contra a Ferroviária - Foto: Ivan Storti/Santos FC


O Santos derrotou o Botafogo-SP por 2 a 0, na noite desta segunda-feira, pelo Campeonato Paulista. Em entrevista coletiva após a partida na Vila Belmiro, o técnico Jesualdo Ferreira fez questão de exaltar a evolução de seus jogadores com o seu comando. Ele admitiu que ainda há pontos a serem melhorados, mas mirou como objetivo fazer a equipe virar especial.

- Gradualmente vamos crescendo como equipe, encontrando soluções táticas que vão nos garantir maior estabilidade e consistência. Conseguimos controlar o jogo ofensivo do adversário. Temos que compreender que não é fácil criar espaço contra equipes que jogam com dez jogadores atrás da bola. Já conseguimos ser uma equipe mais organizada, mais consistente, com um ritmo mais seguro, sem dar chances ao adversário. Temos que começar a finalizar melhor, mas tudo ainda está no início do trabalho. Ninguém consegue fazer grandes equipes, e os jogadores estarem em forma, com quatro semanas de trabalho - afirmou, completando:

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR E SIMULAR A TABELA DA COMPETIÇÃO



- Não temos dois meses de trabalho, portanto, da minha experiência, nenhuma equipe, mesmo as da Europa, conseguem entrar na primeira fase da Liga dos Campeões em níveis de poder dizer que chegamos a um bom estágio de preparação. Espero estar melhor do que estamos hoje, mas a equipe ainda tem muito para evoluir. São seis jogos, qualquer ponto perdido é difícil de recuperar. São seis jogos especiais, então temos que ser uma equipe especial.

Com o resultado, o Santos chegou a dez pontos, na liderança isolada do Grupo A do Campeonato Paulista. Pela competição, volta a campo no domingo, quando visita a Ferroviária. A situação no Estadual está confortável, o que possibilita já comentários sobre a Conmebol Libertadores - o Peixe estreia no dia 3 de março, contra o Defensa y Justicia, da Argentina. Jesualdo Ferreira comentou sobre as expectativas da evolução da equipe até a primeira partida no torneio sul-americano.

- Eu espero que até a Libertadores a equipe atinja os níveis físicos que estamos trabalhando. Espero que, taticamente, seja uma equipe que se entenda melhor nos dois momentos do jogo, o da posse e o defensivo. Temos que melhorar muito nossa subida agressiva para defender, no momento que não conseguimos recuperar, ainda abaixamos um pouco - finalizou o treinador português.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também