De jejum a Santos como maior vítima: desafios de Jadson em volta à Arena

Bruno Cassucci e Guilherme Amaro

Jadson reencontrará a Arena Corinthians neste sábado, a partir das 18h30, no jogo contra o Santos, pela sétima rodada do Campeonato Paulista. O meia, que deverá ser titular e jogar até cerca da metade do segundo tempo, tem diversos desafios em sua volta ao estádio do Timão.

O jogador é o artilheiro do elenco, com 24 gols. E pode fazer do Santos sua maior vítima com a camisa alvinegra: até agora, ele já marcou dois gols diante do Peixe, um a menos do que contra o Sport.

Além disso, Jadson também pode almejar a artilharia da Arena Corinthians. Ele é o terceiro maior goleador do estádio alvinegro, com 13 gols, atrás de Guerrero, com 15, e Romero, com 16.

- Jogar na Arena Corinthians é algo inexplicável. Jamais esqueci da torcida gritando meu nome e apoiando o time durante os 90 minutos. Se eu tiver a oportunidade de jogar, será mais um dia muito especial - afirmou o meia, que agora é o camisa 77.

Com Jadson em campo, o torcedor corintiano também tem a esperança de voltar a ver um gol de falta. O último do Timão foi ainda em 2015, marcado justamente pelo meia. Na parte final do treino da última sexta-feira, ele afiou a pontaria junto com Fellipe Bastos.

O reencontro de Jadson com a Arena terá casa cheia, já que foram vendidos mais de 30 mil ingressos. O jogador destacou o apoio dos torcedores na busca pela vitória no clássico.

- Respeitamos o Santos, mas nosso objetivo é vencer e contamos com o apoio da nossa torcida para conseguir um bom resultado - disse.

Com diversos desafios e o apoio da Fiel, Magic Jadson, apelido que ganhou em sua primeira passagem pelo Timão, quer mostrar que "a magia está de volta".













E MAIS: