Jejum de Cano, defesa em alerta e aniversário: o que ficar de olho no jogo do Vasco contra o Operário

·1 minuto de leitura


É dia do aniversário do Vasco. Atualmente, há mais motivos de preocupação do que de comemoração. Mas existem também motivos para ficar atento ao jogo do time contra o Operário. Confira.

- Reação anímica: A derrota para o Londrina, da forma como se deu, abalou todos no clube. A ver como os jogadores vão reagir neste primeiro jogo do segundo turno.

- Defesa: A retaguarda cruz-maltina precisa melhorar de forma substancial, e rapidamente. Os 21 gols sofridos até aqui em 19 jogos mostram que tem havido muito pouca consistência no setor.

- Cano: O artilheiro, fundamental para o ataque fluir, vive um raro jejum. São seis jogos sem fazer gol. Será neste sábado que ele desencanta?

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

- Morato: De volta após contrair Covid-19, o ponta é opção para o setor criativo do time de Lisca. Ele deverá começar no banco. Veremos as condições físicas em que está.

- Aniversário: São 123 anos de conquistas, mas o momento é de tristeza e turbulência no Vasco. É de se esperar alguma homenagem minimamente respeitosa em campo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos