Jean Mota elogia Diniz e diz estar se adaptando bem à nova função

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Em 2019, o meia Jean Mota viveu um grande momento com o técnico Jorge Sampaoli, no Santos. Além de ser o artilheiro do Campeonato Paulista, com sete gols, o jogador também recebeu o prêmio de melhor atleta da edição do tornei estadual.

Nesta temporada, jogador atua em uma posição diferente. Jean Mota vem atuando como segundo volante, o que não é novidade para o camisa 41, que fez a mesma função com Marcelo Fernandes e Sampaoli.

“Em 2019 foi um momento único na minha vida, foi uma posição que eu não era acostumado a jogar. Hoje é uma posição que eu me sinto mais consolidado. Em 2019 era tudo novidade, muito diferente, fui muito feliz, conquistei grandes prêmios individuais, então para mim foi muito proveitosa a temporada", lembrou, em entrevista exclusiva ao Diário do Peixe.

Atualmente, mais do que ser o destaque, Jean Mota quer que o time todo chegue ao topo. "Hoje também me sinto feliz e espero continuar assim para conquistar não só prêmios individuais como coletivos, porque esse é nosso intuito, trazer títulos para esse grande clube. Espero continuar dando minha contribuição nessa boa fase”.

O atleta também falou sobre o técnico Fernando Diniz. Por ter características de meia, o jogador ainda está processo de adaptação, principalmente em relação ao posicionamento para marcar.

Baixe o app do Lance! e tenha acesso à tabela do Brasileirão

“Ele (Diniz) é um cara que me dá muita confiança para eu desempenhar um bom futebol, tem me ajudado também tecnicamente, em posicionamento, em marcação, coisas que as vezes você deixa passar despercebido por ser um meia, não ser tão marcador", comentou.

Jean Mota fez um rápido comparativo entre as duas posições do meio-campo, e ressaltou que está melhor ambientado ao que o treinador pede.

"Hoje é uma nova função, você tem que marcar mais, e ele tem me ajudado muito nesse aspecto. Eu já tive alguns jogos tanto com o Marcelo, em 2019 com Sampaoli, como primeiro e segundo volante, então estou bem ambientado. Tenho aprendido muito com o Diniz”, concluiu.

Confira entrevista completa com Jean Mota no Canal do Diário do Peixe, no Youtube.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos