Jean Mota comemora vitória, confiança e faixa de capitão no Peixe

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·1 minuto de leitura


O meia Jean Mota teve uma missão diferente no clássico contra o São Paulo. Foi escalado para jogar na lateral esquerda, já que o Santos não tinha ninguém do setor para o jogo. O jogador festejou a vitória, que dá mais confiança par ao jogo mais importante da temporada.


- A gente sabia da importância desse jogo. Primeiro clássico do ano e começar 2021 vencendo nos dá uma confiança muito grande. Uma vitória no clássico antes da decisão traria um ambiente positivo. A nossa meta era essa, vencer para dar confiança para o jogo de quarta-feira, que é o jogo do ano - comentou Jean Mota, que festejou ter sido o capitão do Peixe.

- Vai ficar marcado na minha história. Um jogo tão importante para nós, em que muitos não acreditaram que mesmo sem alguns jogadores, nós poderíamos vencer o São Paulo. Pude ter a responsabilidade de ser o capitão pela primeira vez, completando 198 jogos, ficando próximo de completar uma marca tão expressiva. Poucos jogadores conseguem esse feito, sabemos que no futebol hoje em dia isso é difícil e fico muito contente de poder chegar a essa marca com a camisa do Santos - concluiu.

Jean Mota e o Santos se preparam agora para o duelo decisivo contra o Boca Juniors, na quarta-feira, 19h15, na Vila Belmiro. O Peixe precisa vencer para garantir vaga na final da Copa Libertadores da América. Os argentinos avançam com vitória, ou empate com gols. Outro 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis.