Jardine diz que Seleção olímpica merecia vitória dilatada na estreia e fala de altos e baixos na etapa final

·1 minuto de leitura


O técnico André Jardine valorizou com ressalvas a maneira como a Seleção olímpica se impôs na vitória por 4 a 2 sobre a Alemanha, nesta quinta-feira, em sua estreia nos Jogos Olímpicos. Em entrevista coletiva após o duelo válido pelo Grupo D, o comandante canarinho destacou o volume ofensivo, mas reconheceu que ainda há erros de uma equipe que ele considera "em formação" para deslanchar na competição.

- Fizemos um primeiro tempo muito perto da perfeição, em cima de tudo que tínhamos traçado como planejamento, estratégia de jogo. Acho que valeu muito o estudo que a gente fez da maneira como a Alemanha jogou a Euro sub-21. Conseguimos montar uma estratégia bem-sucedida pelo comprometimento dos atletas e o foco positivo. Estávamos com uma energia muito alta, positiva - disse.

Em seguida, Jardine falou sobre a oscilação na equipe canarinha na etapa final, quando a Alemanha marcou dois gols.

- No segundo tempo, algumas coisas que saíram um pouco do controle, coisas que imaginamos são normais de uma equipe em formação, que vamos corrigir com certeza - e destacou:

- Mas o importante é estrear com esta vitória maravilhosa em um jogo que é um clássico mundial, contra uma equipe muito forte e coroando um futebol jogando de maneira convincente. Para mim, com um placar até injusto pelo volume de chances que perdemos - completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos