Japão vence México e assume liderança do grupo A da Olímpiada

·3 minuto de leitura


Em partida válida pelo Grupo A do futebol dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o Japão derrotou o México pelo placar de 2 a 1 e assumiu a liderança da chave. A vitória dos donos da casa foi construída ainda no primeiro tempo com dois gols logo no começo da partida, marcados por Kubo e Doan. Os Mexicanos descontaram na segunda etapa, com Alvarado.

placeholder

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

CALENDÁRIO
A rodada final deste grupo acontece na quarta-feira (28 de julho), às 08h30 da manhã. Os jogos serão os seguintes: O Japão encara a França, no estádio Yokohama Internacional. Já o México enfrenta a África do Sul, na Arena Sapporo.

A partida

COMEÇO ALUCINANTE DO JAPÃO
Os japoneses foram com tudo para cima dos mexicanos no início da partida e mostram que vão lutar pela medalha de ouro jogando em casa. Com dez minutos de jogo, os nipônicos já abriram dois a zero.

O primeiro saiu aos 7 minutos. Doan foi lançado pela direita e cruzou para o meio, kubo chegava pelo meio e, da marca do pênalti, finalizou de primeira para inaugurar o marcador: 1 a 0 para os japoneses.

De forma alucinante, o Japão foi lá e já marcou o segundo gol. Montes acertou Hayashi dentro da área e o VAR chamou o árbitro para confirmar a penalidade. Doan foi para bola e ampliou o placar: Japão 2 a 0.

JOGO DISPUTADO, MAS COM POUCAS CHANCES
Após os dois gols dos japoneses, o jogo continuou pegado e com faltas que precisou do árbitro distribuir cartões para inibir a quantidade de infrações dos dois lados. Com isso, as chances de gol ficaram cada vez mais raras e os dois times pouco chegaram até o fim do primeiro tempo.

INÍCIO DE SEGUNDO TEMPO DISPUTADO
Os dois times voltaram do intervalo mais dispostos a jogar e cometendo menos faltas. O jogo ficou muito disputado, mas as oportunidades criadas pelas duas equipes levavam pouco perigo aos goleiros.

EXPULSÃO MEXICANA
Se já estava difícil para os mexicanos jogando onze contra onze, as coisas ficaram ainda piores com a expulsão de Vasquez, aos 22 minutos, após derrubar Doan, na entrada da área do goleiro Ochoa, da seleção mexicana.

OCHOA SALVA O MÉXICO
Apesar das duas equipes terem diminuído o ritmo, os mexicanos ainda eram mais ousados. Porém, quem quase marcou foram os japoneses. Em jogada rápida, Hayashi apareceu na cara do gol. Ele bateu cruzado, mas Ochoa fez uma grande defesa e salvou o México de tomar o terceiro gol.

GOL DO MÉXICO, MAS FOI TARDE DEMAIS
Aos 39 minutos, e mesmo jogando com dez jogadores, os mexicanos finalmente conseguiram fazer o seu gol. Em falta pelo lado direito, Alvarado bateu, a bola passou por todo mundo e morreu no fundo da rede: 1 a 2.

Os mexicanos foram para cima dos japoneses nos minutos finais atrás do empate, mas os donos da casa conseguiram segurar bem a pressão mexicana e garantir mais três pontos e encaminhar a sua classificação. Já o México precisa vencer a África do Sul na última rodada de qualquer maneira para passar de fase.

FICHA TÉCNICA
JAPÃO 2 X 1 MÉXICO
Local: Estádio Saitama, em Saitama (JAP)
Data/Horário: 25/07/2021 - 8h00 (de Brasília)
Árbitro: Artur Dias (POR)
Assistentes: Rui Barbosa (POR) e Paulo Soares (POR)
VAR: Guillermo Cuadra (ESP)
Cartões amarelos: Sakai e Tanaka (Japão), Montes, Sánchez, Rodríguez (México)
Cartões vermelhos: - Vásquez (México)
Gols: Kubo (6'/1ºT) (JAP), Doan (11'/1ºT) (JAP), Alvarado (39'/2ºT) (MEX)

JAPÃO (Técnico: Hajime Moriyasu)

Tani; Sakai, Yoshida, Ikakura e Nakayama; Tanaka, Endo, Doan (Mitoma, 34’/2ºT), Kubo e Soma (Maeda, 20’/2ºT); Hayashi (Ueda, 34’/2ºT).

MÉXICO (Técnico: Jaime Lozano)

Ochoa; Sanchez, Montes, Vásquez e Aguirre (Loroña, 43’/1ºT); Rodriguez (Esquivel, 11’/2ºT), Romo e Córdova; Veja (Alvarado, 21’/2ºT), Martin e Lainez (Antuna, 21’/2ºT).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos