Japão desiste de organizar Mundial de Clubes

·1 minuto de leitura
Vencedor da Liga dos Campeões da Europa tem vaga garantida no Mundial de Clubes (AFP/Denis Charlet)

A Associação Japonesa de Futebol (JFA) não vai organizar a Copa do Mundo de Clubes da Fifa no final do ano porque as restrições devido à pandemia de covid-19 podem limitar o número de espectadores, informou a imprensa do japão nesta quarta-feira.

O torneio anual, no qual os campeões das seis confederações competem ao lado do campeão nacional do país-sede, está agendado para dezembro no Japão.

Mas a JFA teria decidiu desistir, de acordo com a agência Kyodo News.

"O risco de aumento de infecções e a dificuldade de obter lucro devido a um provável limite de espectadores motivaram a decisão", relatou a Kyodo, citando fontes anônimas.

A JFA estaria em negociações com a Fifa para adiar o Mundial de Clubes no início do ano que vem, segundo a agência.

"Os detalhes do próxima Mundial de Clubes serão confirmados no devido tempo", disse um porta-voz da Fifa à AFP.

O último torneio de clubes realizado no Japão foi em 2016, e a JFA planejou organizar a edição de 2021 como parte das comemorações de seu centenário, explicou a Kyodo.

A competição geralmente é disputada em dezembro, mas a edição 2020, organizada no Catar e vencida pelo Bayern de Munique, foi adiada para fevereiro de 2021 devido à pandemia de covid-19.

O Japão está desde o meio do deste ano sendo atingido por uma quinta onda do coronavírus, a mais violenta até agora no país, que pressionou o governo a implementar medidas de restrição sanitária em meados de julho, estendidas a agosto na maior parte do país . Essas medidas podem ser prorrogadas novamente no final de setembro, de acordo com a imprensa local.

burs-kaf/psr/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos