Jane Karla é eliminada no tiro com arco e Alexandre Galgani não avança no tiro esportivo em Tóquio

·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Brasil não teve bons resultados no tiro com arco e tiro esportivo nesta segunda-feira nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. No primeiro, Jane Karla Gogel acabou sendo eliminada nas oitavas de final, enquanto no segundo, Alexandre Galgani não conseguiu avançar às finais da modalidade.

+ Judô: Alana Maldonado conquista medalha de ouro e Meg Emmerich fica com o bronze nas Paralimpíadas

Primeira a entrar em ação, Jane Karla foi derrotada pela italiana Eleonora Sarti por 146 a 140. A adversária da brasileira não só avançou às quartas de final como também estabeleceu um novo recorde paralímpico na prova. A brasileira não volta mais a competir nas Paralimpíadas de Tóquio.

+ Mariana D'Andrea conquista o ouro no halterofilismo nas Paralimpíadas

Já Alexandre Galgani somou 622 pontos na carabina de ar 10m e ficou apenas na 22ª colocação, sem vaga na decisão. O atleta, que soma uma medalha de prata no Parapan-Americano de Lima, em 2019, ainda volta a disputar outras duas provas nestes Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos