James se irrita com substituição, e Zidane releva atitude do jogador

James Rodríguez marcou dez gols na última temporada (Foto: Javier Soriano / AFP)

A vitória fora de casa do Real Madrid sobre o Leganés por 4 a 2, nesta quarta-feira, era para ser o único assunto depois da partida. Durante o segundo tempo, o técnico Zinedine Zidane tirou James Rodríguez e lançou Isco, para dar mais movimentação à equipe. No entanto, o colombiano não gostou e saiu irritado.

A substituição ocorreu aos 26 minutos, quando o Real já vencia por 4 a 2. James Rodríguez saiu com o semblante fechado, caminhou até o banco e não cumprimentou um dos integrantes da comissão técnica. Na entrevista coletiva após a partida, Zidane relevou a atitude do seu comandando.

- Eu sorrio porque sempre me perguntam o mesmo. E eu te digo com clareza, não tenho nada contra James. Pelo contrário. É verdade que ele sai muito de campo, é um jogador ofensivo, e o primeiro que temos que sacar do campo é o jogador ofensivo porque trabalha muito. Estou contente com James. Que o saquei, e que está chateado, é normal. Mas não tem nada. Gostaria de dizer que temos algum problema, mas não é verdade. Eu tento fazer o melhor para a equipe e entendo que ele esteja chateado. James é importante como os demais e vai continuar sendo importante para mim, para a equipe e para todos - afirmou o técnico francês.

A vitória recolocou o Real Madrid na liderança do Campeonato Espanhol, com 71 pontos, dois a mais que o Barcelona, que bateu o Sevilla por 3 a 0 e chegou a 69.

No sábado, o Real Madrid recebe o Atlético de Madrid no Santiago Bernabéu, no dérbi da capital espanhola. O jogo será realizado às 11h15 (de Brasília).







E MAIS: