James Harden segue desafiando a história e as estatísticas da NBA

Yahoo Esportes
James Harden em jogo contra o Denver Nuggets. (Foto: AAron Ontiveroz/MediaNews Group/The Denver Post via Getty Images)
James Harden em jogo contra o Denver Nuggets. (Foto: AAron Ontiveroz/MediaNews Group/The Denver Post via Getty Images)

A temporada 2018-19 de James Harden foi histórica. O armador do Houston Rockets teve a incrível média de 36,1 pontos por jogo, conseguindo 8,1 a mais do que o segundo colocado (Paul George, na época no Oklahoma City Thunder e que fez 28,0). A última vez que alguém obteve média maior, e que teve essa diferença para o vice-líder foi em 1986-87, com Michael Jordan (37,1) contra Dominique Wilkins (29,0). Em 2019-20, porém, o início de Harden é ainda mais promissor.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Nos primeiros jogos da temporada, o camisa 13 de Houston tem pontuado com facilidade, e a média de pontos é de 38,4 por jogo até o momento. Essa é exatamente a média de Wilt Chamberlain na temporada 1960-61, e terceira melhor da carreira do histórico pivô da NBA. Ninguém mais chegou perto desses números, e parecia que tudo continuaria assim se não fosse por Harden. Kobe Bryant foi o que mais chegou perto após Jordan, tendo uma temporada com média de 35,4 pontos. 

Leia também:

O mais interessante é que na última temporada, essa tendência de pontuação ainda mais acima da média de Harden começou após a contusão de Chris Paul, em que as funções de armação ficaram totalmente para ele. No entanto, ele tem mantido e até elevado a produção mesmo jogando com Russell Westbrook, que apesar de não ter nem perto do mesmo envolvimento que tinha nos tempos de Thunder, tem médias de quase 22 pontos e 7 assistências nos primeiros jogos em Houston.

Se em 2018-19 Harden teve uma sequência de 32 jogos fazendo pelo menos 30 pontos por partida e com média acima dos 40, em 2019-20 já foram 11 jogos acima dos 30, sete acima dos 40, e um acima dos 50 pontos, na partida contra o Washington Wizards, em que foram 59 e a vitória em uma das partidas de maior pontuação da história da liga.

O principal motivo para a diferença de pontos de Harden no início da temporada é a quantidade de lances livres que ele tem arremessado. São 14 por jogo nos primeiros 15 jogos, três a mais do que qualquer outra temporada de sua carreira. Se ele continuar agressivo e cavando faltas com a facilidade que tem conseguido, a tendência é uma temporada de ainda mais pontos do que no ano passado.

A grande decepção para Harden - além, é claro, dos Playoffs - foi ele não ter sido eleito MVP apesar dos grandes números de pontuação. Giannis Antetokounmpo acabou levando pelo grande trabalho com o Milwaukee Bucks. No entanto, se o armador dos Rockets conseguir flertar com os 40 pontos por jogo, será difícil até para o grego na disputa em 2019-20.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também