Jair Ventura terá time alternativo na final da Taça Rio contra o Vasco

Depois da vitória sobre o Atlético Nacional, em Medellín, a delegação do Botafogo se dividiu. A maioria dos titulares e alguns integrantes da comissão técnica viajaram para Guayaquil, no Equador, local da próxima partida do Alvinegro pela Libertadores, contra o Barcelona. Jair Ventura desembarca na manhã deste sábado no Rio de Janeiro com os atletas Helton Leite, Fernandes, João Paulo, Gilson, Leandrinho, Guilherme, Sassá, Bruno Silva e Igor Rabello.

Eles vão se juntam aos jogadores que ficaram treinando para que Jair defina a equipe que enfrentará o Vasco. Para o treinador alvinegro, a volta de alguns dá a medida da importância que o Botafogo dá à decisão da Taça Rio.

“Não gostaríamos de correr riscos nesta fase da Libertadores, mas é preciso entender que disputar um clássico, com a chance de ter a primeira conquista do ano, é muito importante”, afirmou o comandante.

Inscritos no Campeonato Carioca, o goleiro Saulo, os zagueiros Renan Fonseca e Kanu, o volante Matheus Fernandes, o meia Yuri e os atacantes Joel, Renan Gorne, Pachu e Vinícius Tanque são alguns dos jogadores que não foram relacionados para a partida em Medellín, treinaram na manhã desta sexta-feira e reúnem boas possibilidades de serem escalados contra o Vasco.

Uma boa notícia espera o treinador do Botafogo: o zagueiro Marcelo, uma das revelações da equipe na temporada, está recuperado de uma lesão grau 2 na coxa direita e foi liberado pelo departamento médico.

Já o volante Airton e o meia Montillo seguem fora de cogitações. Airton está se recuperando de uma lesão no adutor da coxa esquerda, enquanto Montillo está tratando uma lesão no ísquio tibial da perna direita, músculo que liga o quadril à panturrilha, ainda sem previsão de retorno.