Jair Ventura admite poupar titulares para a partida contra o Fluminense

Mais preocupado com a Taça Libertadores do que com as semifinais da Taça Rio, o técnico Jair Ventura admite poupar os titulares no jogo diante do Fluminense. Na entrevista coletiva, o treinador alvinegro explicou que a prioridade do clube neste início da temporada é a disputa do torneio sul-americano.

“Conseguimos ser competitivos nas duas competições. Apesar de ser a única equipe que jogou a pré-Libertadores, fomos a equipe com maior pontuação da Taça Rio”, avaliou

Jair disse que durante a semana a comissão técnica vai planejar o trabalho da semana e que se o jogo contra o Fluminense, pela Taça Rio, for marcado para domingo, a tendência é que os titulares sejam poupados porque no meio da outra semana, o Botafogo vai jogar à Colômbia, enfrentar o Atlético Nacional, pela Libertadores. “Não queremos perder jogadores. Vamos ver se vale a pena escalar os titulares e se dará tempo de recuperar”, declarou.

Em relação à sequência de gols de bicicleta marcados pelo Botafogo, Jair adotou um tom de brincadeira e ‘revelou’ que tem feito os jogadores treinarem o movimento. O comandante botafoguense jogou futebol de areia, esporte no qual os gols de bicicleta são muito comuns. “Estou brincando. Bom que a torcida gosta, a gente gosta. O mais importante são os gols. Mas é bom para o espetáculo”, afirmou.

O técnico ainda lamentou ter perdido o lateral Marcinho e disse que já tem jogador com medo de atuar na posição, depois das lesões de Luis Ricardo, Jonas, do improvisado Marcelo e agora de Marcinho. “É triste perder um atleta, especialmente se for uma lesão grave. Vamos torcer. Mas realmente o médico analisou e não é nada bom o que pode vir”, finalizou.