Jair destaca time de “operários” no Botafogo

Satisfeito com a segunda vitória consecutiva alcançada na fase de grupos da Libertadores, o técnico Jair Ventura disse que o Botafogo tem uma boa equipe como tantas outras que disputam a competição sul-americana. Para o treinador, o Atlético Nacional, atual campeão, tem um CT de primeiro mundo e um time bom, mas que o Botafogo ainda precisa progredir muito.

“Ainda temos muito arroz e feijão para comer ainda. O Botafogo é um time de operários”, definiu.

Na entrevista coletiva, o treinador alvinegro elogiou a força do elenco e citou o zagueiro Emerson Santos como exemplo.Improvisado na lateral, o jogador teve uma atuação destacada e , para Jair, essa é uma prova de quanto o elenco alvinegro é homogêneo.

Ao analisar a partida, Jair explicou que estudou muito o time colombiano e sabia que a maior incidência dos gols do Nacional é por dentro e o Botafogo trabalhou durante a semana para anular os pontos fortes do adversário.

“Sabíamos que eles teriam mais posse de bola, mas tentamos neutralizar com a marcação adiantada. Fico feliz por ter vencido essa equipe forte”, disse.

Jair Ventura também fez questão de destacar o comportamento da torcida colombiana que mostrou, mais uma vez, que esporte não é guerra. ” Tem que prevalecer a amizade. Nosso time foi aplaudido e isso deve servir de lição”, exaltou.

O atacante Rodrigo Pimpão que deixou o campo sentindo dores na virilha esquerda será reavaliado nesta sexta-feira. O técnico Jair disse que só vai pensar na equipe que enfrentará o Vasco, pela decisão da Taça Rio, quando a delegação retornar ao Rio.