Jadson marca o 1º após retorno, e Corinthians desencanta contra o Linense

DIEGO SALGADO

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O derradeiro jogo do Corinthians na primeira fase do Campeonato Paulista estava fadado a ser sem graça. O time alvinegro, entretanto, tratou de mudar a previsão e venceu o Linense por 3 a 1, em um jogo bastante movimentado. O duelo ainda foi marcado pelo primeiro gol de Jadson após o retorno ao clube.

Os outros gols da partida foram marcados por Léo Jabá, o primeiro como profissional, e Romero, que entrou em campo 24 horas depois de enfrentar a seleção brasileira. Thiago Humberto descontou para o Linense quando o placar apontava 3 a 0.

O Corinthians enfrenta o Botafogo-SP nas quartas de final. O primeiro jogo será em Ribeirão Preto. O Linense, por sua vez, recebe o São Paulo na partida de ida. Os duelos serão no fim de semana - a Federação Paulista de Futebol (FPF) definirá as datas nesta quinta-feira.

O atacante Léo Jabá e o meia Jadson desencantaram na noite desta quarta-feira, em Itaquera. Primeiro, o jovem balançou as redes de cabeça, depois de cruzamento de Guilherme Arana, marcando o primeiro gol como profissional. No fim da primeira etapa, Jadson fez o 25º com a camisa corintiana - o primeiro depois do retorno ao clube,

O time alvinegro conseguiu marcar mais de um gol em sua arena nesta temporada 2017, após sete jogos disputados no estádio esse ano. Os gols saíram contra a pior defesa do Paulistão - o Linense já foi vazado 25 vezes em 12 jogos.

O atacante corintiano também surpreendeu ao aparecer entre os jogadores relacionados para a partida. Romero atuou por 15 minutos na partida Brasil e Paraguai, nesta terça-feira. Na tarde desta quarta, ele foi incluído na lista do jogo e ficou como opção para Carille. Na etapa final, o paraguaio entrou em campo e precisou de 11 minutos para marcar seu gol (ele é o artilheiro da Arena Corinthians, com 17 gols).

O lateral esquerdo do Corinthians brilhou mais uma vez ao fazer o cruzamento na medida para o gol de Léo Jabá, logo aos dez minutos de jogo. Dessa forma, Arana, aos 19 anos e revelado na base corintiana, chegou à marca de quatro assistências na temporada 2017.

O meia-atacante de 18 anos voltou a ser escalado no time titular. Antes, o garoto enfrentou o Red Bull e o São Paulo entre os 11 atletas principais. A estreia dele ocorreu contra a Ferroviária, quando ele entrou na etapa final do duelo.

MUDANÇAS

O técnico Fábio Carille fez uma mudança na meta corintiana. Com o Corinthians já classificado e garantido no primeiro lugar do Grupo A, o comandante corintiano deu uma chance ao goleiro Caique, que substituiu Cássio. O arqueiro reserva foi bem e salvou a equipe em quatro lances, dois em cada tempo.

Com a vitória, o Corinthians confirmou a segunda posição geral do Campeonato Paulista, com 24 pontos, dois atrás do Palmeiras. Se superar o rival nas quartas ou na semifinal, o time corintiano pode ter a vantagem de jogar em Itaquera em uma eventual final.

Apesar da derrota, o time de Lins vive a melhor fase da sua história. O Linense conseguiu uma inédita classificação às quartas de final - a melhor colocação no estadual era um nono lugar, em 2013.

A rodada desta quarta-feira definiu os oito classificados para as quartas de final do Campeonato Paulista. Os confrontos terão Palmeiras x Novorizontino; Corinthians x Botafogo-SP; São Paulo x Linense e Santos x Ponte Preta. Os quatro clubes de maior expressão, por liderarem as respectivas chaves, possuem o mando de campo do segundo jogo das quartas; os duelos da semifinal serão conhecidos apenas após a realização dos jogos. O melhor colocado, somando-se os pontos de todas as fases, vai enfrentar a equipe com a quarta melhor colocação. Os horários e datas serão definidos nesta quinta-feira, depois de reunião na Federação Paulista de Futebol.

CORINTHIANS

Caique; Léo Príncipe, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel; Pedrinho (Romero), Jadson (Fellipe Bastos), Camacho e Léo Jabá (Marciel); Jô. T.: Fábio Carille

LINENSE

Edson Kolln; Bruno Moura, Rodrigo Lobão, Samuel e Bruno Costa; Pio, Maycon, Diego Felipe (Murilo Rangel) e Thiago Humberto; Tatá (Joãozinho) e Thiago Santos (Giovanni). T.: Márcio Fernandes

Estádio: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

Público: 12.159

Renda: R$ 471.297,90

Árbitro: José Claudio Rocha Filho

Cartões amarelos: nenhum

Gols: Léo Jabá, aos 9, e Jadson, aos 39 minutos do primeiro tempo; Romero, aos 21, e Thiago Humberto aos 30 minutos do segundo tempo