Jadson cobra R$ 854 mil em direitos de imagem do Corinthians na Justiça

LANCE!
·2 minuto de leitura

O Corinthians deve enfrentar mais processo na Justiça envolvendo um de seus ex-jogadores. Dessa vez a ação foi colocada por Jadson, que deixou o clube no início deste ano, e cobra valores não recebidos em relação ao que foi combinado quando rescindiu seu contrato. A quantia é de R$ 853,9 mil referentes a direitos de imagem. A informação foi publicada pelo UOL.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Quando fez o acordo para rescindir seu vínculo com o Timão, em fevereiro de 2020, o meia acordou em receber R$ 1,24 milhões, sendo que R$ 740 mil ficariam com o atleta e R$ 500 mil ficariam com o escritório de seu advogado, Marcelo Robalinho, por conta de assessoria jurídica prestada no negócio.

Leia também:

A questão é que Jadson alega não ter recebido esse valor até agora, ou melhor, não recebeu nenhuma das parcelas que foram acordadas no começo da temporada. Naquele momento, o pagamento foi dividido em 24 meses, sendo que cada parcela seria de R$ 30,8 mil. Por isso, o jogador resolveu entrar com uma ação na Justiça cobrando o valor, mais 5% de multa e correção monetária.

No último balancete divulgado pelo Corinthians, que compreende os nove primeiros meses de 2020, a dívida com jogadores por conta de direitos de imagem somam R$ 105 milhões. No fim de 2019, o valor devido era de R$ 48,4 milhões, ou seja, as pendências nesse quesito mais do que dobraram no período. No entanto, de junho (R$ 116,9 milhões) para cá elas já diminuíram.

Jadson teve duas passagens pelo Corinthians, uma entre 2014 e 2015 e outra entre 2017 e 2019. Ao todo foram 245 jogos e 50 gols marcados, além de três títulos paulistas (2017, 2018 e 2019) e dois brasileiros (2015 e 2017).

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos