Jadson acusa desconforto muscular na hora do gol e vira dúvida

Autor do segundo gol da vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre a Universidad de Chile, nesta quarta-feira, em Itaquera, o meia Jadson acusou um incômodo muscular na coxa esquerda ao chutar a bola para dentro, de fora da área, aos 23 minutos do segundo tempo. O jogador não sabe se terá condições de enfrentar o Botafogo-SP no domingo, pelo Campeonato Paulista.

“Senti um desconforto na hora do gol. A minha perna já estava um pouco pesada. Quando chutei, fui com tanta vontade de fazer o gol que acabei sentindo o desconforto. Agora, vou ver com os médicos”, comentou Jadson, que atuava com uma proteção na coxa esquerda e acabou substituído pelo jovem atacante Pedrinho.

De qualquer forma, o armador não pareceu muito preocupado com o problema. Ele preferiu comemorar o bom resultado que o Corinthians conquistou no jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana.

“Enfrentamos uma equipe muito qualificada, que trabalha bem a bola. No começo do jogo, eles fizeram isso, mas a gente marcou o gol e cresceu no jogo”, disse, lembrando que o também meia Rodriguinho abriu o placar no primeiro tempo. “Depois, fizemos o segundo gol e tivemos mais duas chances claras. A equipe está de parabéns pelo resultado”, concluiu Jadson.