Júnior Urso revela incômodo com entrevistas de Fábio Carille

Yago Rudá
LANCE!
Urso também fez questão de agradecer seu antigo treinador (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)
Urso também fez questão de agradecer seu antigo treinador (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Volante titular do Corinthians, Júnior Urso revelou certa insatisfação do elenco do Timão com o técnico Fábio Carille, pelo menos nas últimas entrevistas do comandante antes de sua demissão. Na saída da arena de Itaquera, logo após a vitória, por 3 a 2, sobre o Fortaleza, o meio-campista comentou sobre a situação incômoda, mas fez questão de agradecer o antigo treinador.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Questionado se havia algum atrito entre o elenco e a antiga comissão técnica, Urso foi sincero e afirmou que algumas das entrevistas coletivas dadas por Fábio Carille chegaram a incomodar. Vale lembrar que o ex-treinador do Corinthians chegou a falar por diversas vezes que não tinha algumas peças específicas no elenco e, por isso, a equipe vinha em queda brusca de rendimento.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

- A única coisa que eu acho que nem todo mundo (elenco) concordou acho que foi as entrevistas, mas, como eu já disse uma vez, cada ser humano tem um limite e o Carille já fez muita coisa aqui dentro do Corinthians. Difícil para mim falar. Cheguei esse ano, não tem como ficar falando muito também, muita gente interpreta ‘ah, o Urso fala demais’ ou algo do tipo. Não quero assumir esse peso, Corinthians representa muita coisa, não quero assumir esse peso de ‘falador’, mas Carille fez muita coisa aqui dentro, é difícil escutar algumas coisas. O Carille acabou extravasando ali, a gente entende perfeitamente o lado dele. A gente entende, mas nem por isso todo mundo vai concordar com as coisas que foram ditas, mas respeitamos, eu respeito - afirmou o dono da camisa 11 do Corinthians.

O volante foi o primeiro jogador do elenco do Corinthians a falar publicamente sobre o incômodo dos atletas com o antigo treinador. Vale lembrar que apesar dos oito jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro e da saída da zona de classificação para a Copa Libertadores do ano que vem, a diretoria tentou manter Fábio Carille. O atrito com o grupo de jogadores, no entanto, foi determinante para a queda da comissão técnica.

Apesar da revelação feita na noite desta quarta, Urso fez questão de agradecer Fábio Carille por quase toda a temporada em que trabalharam juntos no Corinthians. O volante lembrou que o treinador foi determinante para a sua contratação, no início de fevereiro deste ano.

- Quero agradecer o Carille, do fundo do meu coração, porque ele é um dos principais motivos de eu estar aqui no Corinthians hoje, agradeço a oportunidade que ele me deu. Agora é dar continuidade - afirmou o volante.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também