Jô minimiza poucos gols do Corinthians, mas valoriza classificação

O Corinthians venceu o Botafogo por 1 a 0, neste domingo (9), em Itaquera. Apesar do Timão ter marcado apenas um gol, com Rodriguinho, Jô valorizou a classificação à semifinal do Campeonato Paulista e minimizou a falta de gols. Cássio, Fagner e Gabriel também falaram sobre o triunfo do time de Fábio Carille.

"É normal, em início de trabalho ser criticado, ser cobrado, mas essa equipe está correndo, está batalhando, lutou e mostrou evolução. É a hora de mostrar aonde queremos chegar no campeonato. A gente vem sofrendo (na frente), contra a gente jogam atrás, estamos errando o último passe que precisa acertar. Mas estamos de parabéns pela classificação. Eles veem vídeos, marcam, sabem como cada um joga", disse Jô após a partida.

Rodriguinho - Corinthians - 6/04/2017
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

VEJA TAMBÉM:
Klopp revela 'sofrimento' de Coutinho | Análise: Barça não quer a La Liga | Real Madrid depende apenas de si

Confira o que disseram outros atletas do Corinthians:

Cássio: "Estamos correndo, lutando, batalhando, erramos bastante passes. Poderíamos ter segurado mais a bola no final, mas é normal, temos muitos jogadores novos e querem ir pra cima. O time está bem organizado, poderia ter feito mais gols, mas importante é a classificação".

Fagner: "Quando começou, nós éramos a quarta força, que continue assim para que, com pé no chão, a gente possa fazer grandes jogos. Não vou falar de favoritismo, quero pensar no Corinthians, no que podemos evoluir para errar o mínimo possível nessa reta final".

Gabriel: "A gente se prepara, luta, vivo um sonho a cada dia no Corinthians. Eu procuro melhorar a cada dia, hoje errei mais passes que de costume, mas me cobro muito para melhorar a cada dia. A equipe está de parabéns pela luta e pela garra".

A repercussão nas redes sociais:

A assistência do @jadson_10 para o gol de Rodriguinho, que deu a vitoria ao #Corinthians sobre o Botafogo-SP! #NoEmbaloDaFiel pic.twitter.com/EwqCaOvQsG

— Corinthians (@Corinthians) 9 de abril de 2017