Jô lamenta decisão da arbitragem, mas destaca evolução do Corinthians: 'As jogadas estão saindo'

·3 minuto de leitura


O Corinthians viveu uma noite tensa na Neo Química Arena, neste sábado, ao empatar em 1 a 1 com o Internacional, pela nona rodada do Brasileirão-2021. O gol adversário saiu de um pênalti polêmico confirmado pelo VAR, mas mesmo assim a equipe da casa buscou o empate com um tento de Jô, na segunda etapa. O atacante, inclusive, vê o o time em "grande evolução" no momento.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Jemerson e Otero dão adeus! Veja quem já deixou o clube nesta temporada

Em entrevista para o Premiere, na saída de campo, o camisa 77 lamentou a decisão de arbitragem, que assinalou pênalti do próprio Jô em Victor Cuesta, que estava em posição de impedimento. Apesar da explicação de Marcelo de Lima Henrique, baseado na regra do jogo, a reclamação foi grande.

- Difícil, complicado, ele estava em posição irregular, na minha frente, quando eu fui correr ele estava na minha frente, a jogada iria ser nele. A explicação do árbitro foi que ele não estava na jogada e eu derrubei ele, como ele estava na minha frente, realmente eu toquei nele, mas ele estava em posição irregular.

Embora não tenha se convencido pela explicação da decisão do VAR, Jô optou por levantar a cabeça e olhar para os pontos positivos mostrados pelo Alvinegro em campo. Para ele, que marcou o gol de empate, o time mostrou o suficiente para virar o placar, o que indica a evolução do trabalho de Sylvinho.

- Agora não adianta ficar reclamando ,a gente fica triste, porque no meu modo de ver fizemos uma boa partida, criamos bastante chances, conseguimos o empate, poderíamos ter virado, às vezes um erro acaba atrapalhando, mas isso não justifica, temos que levantar a cabeça, melhorar cada vez mais. Acredito que estamos em evolução, com paciência, trabalho, mas agora é seguir, esquecer esse jogo que já passou e pensar na próxima partida.

A avaliação positiva da atuação do Corinthians e sua notória, porém, não está em convergência com os resultados. Em 11 jogos com Sylvinho, a equipe venceu apenas duas vezes. Jô entende que o momento exige a conquista dos três pontos e a cobrança da torcida, mas ele novamente prefere olhar para o crescimento do time, que está conseguindo trabalhar as jogadas.

- É difícil, claro que um bom trabalho exige resultado, mas acho que cada um tem a consciência tranquila de que a gente está em evolução. A gente está trabalhando bem, as jogadas estão saindo, claro que o resultado é importante dentro do campeonato, três pontos são mais válidos, mas a gente se alegra sim pela evolução que está tendo. Claro que a torcida cobra, é natural, a gente fica tranquilo e feliz, porque a gente sabe que eles estão do nosso lado também, mas a evolução é grande e a gente tem que pensar na próxima partida.

Jô e o restante do elenco do Corinthians descansam neste domingo e voltam ao trabalho na segunda-feira, já de olho no duelo com a Chapecoense, na próxima quinta-feira, às 21h, na Arena Condá. A partida é válida pela 10ª rodada do Brasileirão-2021. Atualmente o Timão tem 11 pontos e está em 10º lugar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos