Jô exalta carinho pelo Corinthians, após se tornar artilheiro do clube no Século: 'Orgulho de vestir a camisa'

·1 minuto de leitura
Jô - Corinthians x Sport
Jô marcou gols nos últimos dois jogos do Timão (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

Maior artilheiro do Corinthians no Século XXI. Com o gol marcado no empate em 1 a 1 do Timão contra o Fluminense, no último domingo (27), pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, em São Januário, o Rio de Janeiro, o atacante Jô chegou ao seu 56º tento com a camisa corintiana e se isolou no ranking, onde já estava empatado ao lado de Dentinho.

– Primeiro agradeço a deus pela oportunidade de fazer o gol e entrar mais uma vez na história do clube, que eu não canso de repetir o orgulho que eu tenho de vestir essa camiseta, a gratidão por ter jogado desde pequeno. Fico muito feliz. Espero poder continuar essa marca – disse Jô ao fim da partida.

Leia também:

Cria do Terrão corintiano, o camisa 77 está em sua terceira passagem pelo clube do Parque São Jorge desde o ano passado, e chega a marca em um momento importante pessoalmente. Questionado desde o início do ano, o atacante tem retomado espaço no time titular nos últimos três jogos, por conta da lesão de Luan, que vinha atuando de falso 9.

Além disso, há uma semana o jogador se envolveu em uma polêmica, após utilizar uma chuteira em tom esverdeado, que remete ao Palmeiras, arquirrival corintiano, no empate em 0 a 0 do Timão contra o Bahia, em Salvador. Após muitas críticas através de torcedores nas redes sociais, a diretoria do Corinthians multou o jogador.

Contra o Flu, Jô foi às redes aos 37 minutos do primeiro tempo, convertendo um pênalti sofrido por Gustavo Mosquito. No entanto, na etapa final, aos 25 minutos, Cazares igualou o marcador para o Tricolor Carioca.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos