Jô é atacado por torcedores e tem carro apedrejado; jogador e Corinthians se pronunciam

·2 minuto de leitura

Era para ser uma noite normal para e sua esposa, que foram a um evento, na região da Mooca (SP), de uma marca da qual é franqueado. Porém, ela terminou em um ataque ao jogador por parte de torcedores do Corinthians.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Integrante de organizadas, ao verem publicações da companheira do atleta em redes sociais, se dirigiram ao local e cercaram o carro de Jô. O veículo, inclusive, foi apedrejado. Segundo o profissional, isso é lamentável. "Felizmente, ninguém se feriu, mas minha esposa está abalada com o ocorrido e com medo de nossa família ser atacada novamente. Cobrança de torcida não deve ser feita desta maneira. Respeitem a mim e a minha família", afirmou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O Timão também emitiu um comunicado e repudiou o ocorrido. "O futebol mundial tem se levantado, dia após dia, contra atos de violência que distorcem os principais fundamentos do esporte: disputa e alegria. O Corinthians está prestando assistência ao atleta e a sua família, que também presenciou a agressão. E pede reflexão a todos os torcedores, clubes e entidades da sociedade civil sobre esse momento repleto de violência e de comentários abusivos em redes sociais", diz parte do texto. Há vídeos circulando nas redes sociais que mostram parte do ataque.

Para mais notícias do Corinthians, clique aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos